Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Motor fraco? Fiat Strada Volcano mostra como se sai com a caçamba cheia

Com equipamentos de carro de passeio, conforto de picape e suspensão mais alta que a de muitos SUVs, a Strada 1.3 mostra sua força quando carregada

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 11 ago 2021, 23h39 - Publicado em 12 ago 2021, 03h00
Longa Duração Fiat Strada
Caçamba recebeu um lote de pisos, mas a Strada não sofreu para levar a carga Fabio Black/Quatro Rodas

Dizem que quem tem picape uma vez nunca mais abre mão da praticidade de poder transportar grandes volumes a qualquer hora. E acaba aprendendo a conviver com os pedidos de empréstimo do carro para pequenos fretes.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Para nossa Fiat Strada, porém, são momentos como esses que ajudam a explorá-la como um veículo de carga, por mais que a versão topo de linha Volcano esteja mais próxima dos carros de passeio.

  • O repórter Eduardo Passos usou a picape para transportar um pequeno armário e achou o protetor de caçamba escorregadio. “Pelo menos tem muitos pontos de amarração nas laterais, e o fato de a caçamba ser mais curta e profunda ajudou a dar estabilidade ao móvel”, conta.

    “O mesmo vale para as barras transversais que estruturam a capota marítima e que usei para ajudar a evitar a movimentação da carga. Mas a suspensão elevada obriga a fazer mais esforço na hora de carregar a picape”, diz.

    Continua após a publicidade

    As paredes altas são o segredo para a Strada com cabine dupla ter 844 litros de volume na caçamba, ante os 1.092 litros da carroceria com cabine simples. A capacidade de carga também muda: baixa dos 720 kg na simples para 650 kg na dupla.

    Longa Duração Fiat Strada
    Fernando Pires/Quatro Rodas

    Quem explorou o comportamento da Strada com peso foi o editor de arte Fabio Black. “Carreguei aproximadamente 500 kg de pisos para uma obra e a traseira abaixou um pouco, mas ainda sobrou bastante curso na suspensão traseira, deixando o rodar confortável e sem sensação de batidas secas”, afirma Black. “O motor sente um pouco esse peso a mais, mas é nessas horas que a gente entende a finalidade das relações de marcha mais curtas, que deixam a Strada um pouco cansativa no trânsito”, completa.

    A altura da suspensão da Strada não é unanimidade, mas traz mais ônus do que bônus. São 21 centímetros de vão livre, o mesmo que um Jeep Compass. E os ângulos de ataque (23,2°), saída (28,4°) e central (21,6°) podem deixar muitos ditos SUVs envergonhados.

    Longa Duração Fiat Strada
    Leonardo Barboza/Quatro Rodas

    Continuamos acompanhando o óleo do motor, que estava na metade do nível e desceu mais um pouco ao longo do último mês. A próxima parada é a revisão dos 20.000 km.

    Nova Fiat Strada – 19.065 km

    Ficha técnica:
    Versão: Volcano 1.3 8V Cabine Dupla 2020/2021
    Motor: 4 cilindros em linha, dianteiro, transversal, 1332 cm3, 8V, aspirado, 109/101 cv a 6.250 rpm, 14,2/13,2 kgfm a 3.500 rpm
    Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira
    Seguro: R$ 2.700 (Perfil Quatro Rodas)
    Revisões:
    Até 60.000 km – R$ 3.536
    Gastos no mês: Combustível:  R$ 1.684
    Consumo: No mês: 12,5 km/l com 44,2% de rodagem na cidade
    Desde fev/21: 12 km/l com 30,2% de rodagem na cidade
    Combustível: flex (gasolina)

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Edição de julho

    Continua após a publicidade
    Publicidade