Clique e assine com até 75% de desconto

Longa Duração: Jeep Compass chega aos 60.000 km mais rápido e econômico

Em sua última missão antes do desmonte, SUV melhora desempenho nas novas provas de aceleração e consumo em relação aos testes com 1.000 km

Por Péricles Malheiros Atualizado em 27 nov 2019, 12h12 - Publicado em 27 fev 2019, 09h00
Compass: despedida do campo de provas Christian Castanho/Quatro Rodas

Era um dia em que havia um sol para cada carro, em Limeira (SP), onde são feitos todos os testes de pista de QUATRO RODAS.

O termômetro registrava 35 graus Celsius à sombra. Sem medo, lá foi o Jeep Compass, com 60.000 km registrados no hodômetro, para a sua última missão entre nós antes do desmonte.

E não é que o SUV hoje líder em vendas no Brasil foi melhor do que em sua primeira passagem pela pista, quando tinha pouco mais de 1.000 km – e a temperatura ambiente era de 28,5 graus?

Com números ligeiramente melhores no segundo teste do que no primeiro, o Compass ignorou o calor excessivo e se mostrou mais solto.

Foi um décimo de segundo melhor nas provas de aceleração de 0 a 100 km/h (12,1 segundos ante 12,2 segundos) e de 0 a 1.000 metros (33,6 s ante 33,7 s) e na de retomada de 80 a 120 km/h (9,2 s / 9,3 s).

A superioridade foi ligeiramente maior nas duas retomadas restantes: 0,2 segundo melhor na prova de 40 a 80 km/h (5,4 s / 5,6 s) e na de 60 a 100 km/h (6,9 s / 7,1 s).

Notamos discreta melhora também nas provas de consumo. Na simulação de trânsito urbano, o consumo evoluiu de 12,8 km/l para 13 km/l e na de rodoviário de 15,9 km/l para 16,2 km/l.

Respondendo às mensagens de alguns leitores que nos perguntam o porquê dos números de consumo obtidos em Limeira serem tão diferentes dos apresentados pelos carros de Longa Duração no decorrer do teste:

Lembramos que o campo de provas é um ambiente controlado (pista plana e sem tráfego), com a mínima interferência climática (ar-condicionado sempre desligado e testes realizados apenas com pista seca) e com prioridade de ações que permitam a comparabilidade (tanque cheio, apenas o motorista a bordo e condução padronizada).

Aqui no Longa Duração, a prioridade é reprisar a vida real: diferentes estilos de guiar, topografia variada, uso de ar-condicionado, condição de ocupação e carga, utilização em cidade e estrada.

Com tantas variáveis assim, nada mais natural do que números diferentes entre os dois tipos de teste.

  • Jeep Compass – 60.397 km

    CONSUMO

    No mês: 12,5 km/l com 23,3% de rodagem na cidade
    Desde out/17: 12,3 km/l com 23% de rodagem na cidade
    Combustível: diesel S-10

    Continua após a publicidade

    GASTOS NO MÊS

    Combustível: R$ 553

    FICHA TÉCNICA

    Versão: Longitude 2.0 16V turbodiesel

    Motor: 4 cilindros, dianteiro, transversal, 1.956 cm3, 16V, 170 cv a 3.750 rpm, 35,7 mkgf a 1.750 rpm

    Câmbio: automático, 9 marchas, 4×4

    SEGURO

    R$ 4.436*

    *Perfil Quatro Rodas

    REVISÕES

    Até 60.000 km
    R$ 3.920

    Continua após a publicidade
    Publicidade