Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Holiday on ice

Por Redação 12 Maio 2011, 20h36

3502 km

Caçula da frota de Longa Duração, o 3008 impressiona todo mundo que o vê pela primeira vez. Grande e imponente, os adjetivos que ele mais atrai de cara são “bacana” e “bonito”. Quando o admirador olha da porta para dentro, a impressão vira espanto. “Nossa, quanta coisa!”

Não é para menos. O interior do crossover da Peugeot parece feito para impressionar. O console central elevado, a profusão de botões, os comandos no volante, tudo contribui para atrair (e agradar) o olhar. E mesmo assim não se pode dizer dele que seja “chamativo”, num mau sentido.

Quem anda nele reforça a opinião de que este é um carro que trata os ocupantes com deferência. Freia de maneira equilibrada, faz curvas grudado no chão, quase sem inclinar, isola os ruídos lá fora… E o câmbio leva isso ao extremo. Programado para tirar o melhor proveito de suas seis marchas, ele nem de longe lembra o letárgico câmbio automático do Peugeot 307 que freqüentou nossa garagem em 2006.

Continua após a publicidade

Essa sofisticação ficou um pouco de lado durante as chuvas que caíram com gosto no feriado de Carnaval. Em passeio pela cidade de Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, o carro acabou atolado numa rua de terra. Mais uma vez o câmbio veio em nosso auxílio. Bastou apertar a tecla com o símbolo do floco de neve, que permite melhor aproveitamento da tração em pisos com baixa aderência, e alternar a ré com a primeira marcha, e logo saímos dali.

Dessa viagem, o revisor Renato Bacci trouxe, além de muita lama, uma observação apontada por quase todos os que dirigiram o 3008: um barulhinho irritante no console central, próximo à base da alavanca do câmbio. “Basta pressionar o acabamento plástico da grelha para o ruído sumir”, disse. Como se trata de um problema simples, pediremos a verificação na revisão dos 5 000 km – as demais ocorrem a cada 10 000 km.

Consumo:

No mês (47,4% na cidade): Gasolina – 8,5 km/l

Desde mar/11 (47,2% na cidade): Gasolina – 8,7 km/l


Amigável, o comando satélite reúne as funções de piloto automático e limitador de velocidade (esq.) Tampa bipartida e plana facilita a colocação de objetos grandes ou pesados no porta-malas (dir.).

Continua após a publicidade

Publicidade