Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Falta de ar

Por Redação 30 ago 2011, 18h39

24301 km

No último mês, o 3008 passou pela segunda revisão. E, assim como aconteceu na primeira, o serviço de balanceamento das rodas exigiu um retorno não programado à concessionária, pois a direção continuava vibrando em velocidades a 120 km/h. Dessa vez, a autorizada responsável foi a Alpes, de Santo André, cidade vizinha a São Paulo.

Os profissionais da Alpes foram pontuais: conforme previsto, devolveram o carro um dia após a entrada na oficina. Foram rápidos, mas desatenciosos. A nota fiscal emitida comprovou o deslize: apesar de o valor final bater com o sugerido pela fábrica (422 reais), não realizaram a substituição do filtro de ar do motor, prevista no manual de manutenção para acontecer a cada 20 000 km. Ou seja, cobraram mas não entregaram.

Num primeiro momento, a consultora da Alpes disse que o filtro não estava incluso no pacote determinado pela fábrica, mas, diante da nossa argumentação de que a troca do componente aos 20 000 km estava prevista no manual, pediu um tempo para consultar a Peugeot. A ligação de retorno veio duas horas depois: “De fato, deveríamos ter feito a troca do filtro. Peço desculpas pelo incômodo. É só passar aqui que a gente faz a substituição na hora, nem precisa agendar”, disse a educada consultora.

Continua após a publicidade

Assim que saiu da revisão, o 3008 caiu na estrada. Em três dias, rodou 2 200 km numa viagem (sem sustos) de ida e volta entre São Paulo e Brasília (DF). E o pior: a direção trepidava a 120 km/h. De volta a São Paulo, a Alpes refez o balanceamento das rodas e o incômodo, enfim, sumiu.

A vida na estrada serviu para evidenciar a importância da correta calibragem dos pneus, sobretudo ao rodar com carga máxima. No 3008 é preciso aumentar consideravelmente a pressão nos pneus traseiros, que salta de 35 para 44 libras – na frente, sobe menos, de 36 para 38 libras.

Consumo

No mês (27,5% na cidade): Gasolina – 9,8 km/l

Desde mar/11 (30,4% na cidade): Gasolina – 9,8 km/l

Alavanca no porta-malas permite rebater o encosto e mover o assento do banco traseiro (esq.); Carregado, o 3008 pede atenção à calibragem: nos pneus traseiros, sobe de 35 para 44 libras (dir.)

Continua após a publicidade

Publicidade