Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW Polo Sense sai de linha para abrir espaço à versão do Nivus para PcD

Opção carregava motor 1.0 turbo de 128 cv e 20,4 kgfm de torque, mas perdeu mercado para o T-Cross Sense, que oferece mais espaço

Por Renan Bandeira - Atualizado em 18 jun 2020, 14h37 - Publicado em 18 jun 2020, 12h32
Reprodução/site/Volkswagen

A Volkswagen tirou de seu catálogo o Polo Sense, versão com motor 1.0 turbo flex de 128 cv e câmbio automático de seis marchas voltada a pessoas com deficiência (PcD).

A empresa alemã lançou a variante Sense no final de 2018. Ela dividia espaço com Virtus e T-Cross entre os modelos da marca destinados ao público PcD.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de quatro rodas? clique aqui e assine com 64% de desconto.

O hatch era oferecido por R$ 70.000 e contava com itens como ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos com função one-touch em todas as portas, retrovisores elétricos e computador de bordo.

Também trazia sensores de estacionamento traseiros, controle de estabilidade com assistente de partida em rampa e central multimídia de 6,5 polegadas, entre outros equipamentos de série.

Destinado ao público PcD, Polo Sense traz motor 1.0 de até 128 cv Divulgação/Volkswagen

O modelo foi retirado da gama devido à desvantagem que possuía frente ao T-Cross.

Ambos os modelos carregam o mesmo trem de força, mas o SUV conta com a vantagem de oferecer mais espaço, maior porte e posição de dirigir mais elevada, quesitos essenciais para o público em questão.

Continua após a publicidade
VW T-Cross Sense Divulgação/Volkswagen

Outro motivo é a possível chegada da versão Sense do recém-lançado Nivus. O SUV cupê também conta com conjunto mecânico 1.0 TSI e deve chegar até o final do ano para compor o time de opções para PcD.

Agora, o configurador da Volkswagen oferece apenas Virtus e T-Cross como opções para pessoas com deficiência.

Vale lembrar que o SUV está com vendas suspensas desde fevereiro deste ano, deixando o sedã como única opção destinada diretamente ao público PcD.

Para clientes PcD que ainda desejam o Polo, ainda existe a opção 1.6 MSI de 117 cv e 16,5 kgfm.

Ela não faz parte da ala de opções específicas para PcD, mas, por custar R$ 65.990 – abaixo do teto de R$ 70.000 estabelecido pelo governo –, ainda entra na faixa de isenção completa de ICMS e IPI.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade