Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

VW Jetta perde equipamentos para custar menos de R$ 100.000

Nova versão de entrada do sedã, chamada 250 TSI, mantém o motor 1.4 de 150 cv

Por Thais Villaça Atualizado em 7 dez 2018, 17h53 - Publicado em 7 dez 2018, 17h50
Jetta ganha nova versão de entrada com menos equipamentos Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen passa a oferecer uma nova versão de entrada para o Jetta, chamada 250 TSI, por R$ 99.990.

O modelo traz o mesmo conjunto mecânico das versões Comfortline e R-Line, composto por motor 1.4 turbo de 150 cv de potência e 25,5 mkgf de torque, além de câmbio automático Tiptronic de seis marchas.

Rodas de liga leve de 17″ foram substituídas por um conjunto de 16″ Divulgação/Volkswagen

Para ficar R$ 10 mil mais barato, o sedã perdeu uma série de equipamentos de conforto e conveniência, como faróis de neblina, seletor de modos de condução, espelho retrovisor interno antiofuscante, câmera de ré e chave presencial com botão de partida.

Os bancos e o volante perderam o revestimento de couro Divulgação/Volkswagen

Bancos e volante não são mais revestidos de couro, há dois alto-falantes a menos no sistema de som e as rodas têm 16”, em vez de 17” da Comfortline – que passa a ser a versão intermediária.

  • O Jetta 250 TSI mantém, portanto, faróis e lanternas de LED, ar-condicionado digital de duas zonas, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sensor de chuva, seis airbags, Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), Bloqueio Eletrônico do Diferencial, sistema start-stop, freio de estacionamento eletromecânico, assistente de partida em rampa, trio elétrico, sistema multimídia com tela touchscreen de 8” e volante multifuncional.

    Continua após a publicidade
    Publicidade