Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

VW Amarok tem kit tuning de R$ 66 mil feito por empresa polonesa

Pacote da Carlex inclui novos adereços visuais e escapamento regulável pelo celular

Por Rodrigo Ribeiro 27 ago 2018, 20h09
Esse monte de acessórios é ótimo para personalização, mas péssimo para o arraste aerodinâmico… Divulgação/Volkswagen

A moda do tuning deu uma esfriada por aqui, mas na Europa ela segue firme em diferentes nichos, favorecida por um mercado consolidado e regulamentado. Por isso ver o kit de modificação da Volkswagen Amarok feita pela Carlex causa mais surpresa para nós que para nossos colegas do velho continente.

O pacote de mudanças desenvolvido pela empresa polonesa inclui uma série de penduricalhos na carroceria, onde basicamente só as portas e teto passam incólumes.

A Volkswagen “Amy” Amarok será limitada a 500 unidades Divulgação/Volkswagen

Na dianteira os para-choques novos fazem um conjunto de gosto discutível junto aos apliques no capô e para-lamas.

O interior é forrado com o exclusivo couro Nappa Divulgação/Volkswagen

Um estribo tubular leva seus olhos até a tampa traseira, onde mais peças plásticas adornam para-choque, para-lama traseiro e até a tampa da caçamba, formando um simulacro de aerofólio.

A nova suspensão deixou a Amarok mais alta Divulgação/Volkswagen

O visual cheguei anabolizado continua no interior, com bancos exclusivos e mudanças no aro do volante.

O escapamento tem borboletas que são acionadas eletricamente para alterar o ronco do motor Divulgação/Volkswagen

Por fim a nova suspensão elevada fica apoiada sobre rodas de alumínio de 18 polegadas com novos pneus 265/60 todo-terreno para reforçar o apelo fora-de-estrada – apesar de não ter recebido quase nenhuma outra mudança mecânica.

Um aplicativo permite mudar gradualmente o som do motor pelo smartphone Divulgação/Volkswagen

A Carlex também incluiu na picape um novo escapamento com som ajustável. E o equipamento pode ser controlado pelo celular, para a alegria de seus proprietários.

  • A picape modificada recebeu até um nome: Amy. Normalmente o batismo é discutível, mas levando em conta que o kit na Europa custa € 13.995 (mais de R$ 66 mil pela cotação do dia 27/08), a Amy merece nome, RG e até certidão de pedigree.

    Continua após a publicidade
    Publicidade