Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Volkswagen Taos chega até junho de 2021 com as mesmas versões do Nivus

Taos terá apenas duas versões vendidas no Brasil, ambas com motor 1.4 turbo de 150 cv. Modelo chegará às lojas ainda no primeiro semestre do próximo ano

Por Igor Macário 9 dez 2020, 19h36
Taos
SUV médio, VW Taos só chega ao Brasil no segundo trimestre de 2021 Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen revelou mais detalhes do Taos que será vendido no Brasil. O SUV será produzido na Argentina, e ficará situado entre a dupla T-Cross e Nivus e o maior Tiguan. A mira é certa: Jeep Compass e o futuro Toyota Corolla Cross.

Black Friday na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 7,90

Para isso, a marca deve repetir a estratégia usada no Nivus, com uma gama bem enxuta. Serão apenas duas versões, Comfortline e Highline, sem opcionais, tudo para simplificar a escolha da clientela e também otimizar a produção.

Nivus T-Cross Taos e Tiguan
Gama de SUVs da VW para 2021 tem Nivus, T-Cross, Taos e Tiguan Divulgação/Volkswagen

Também como o Nivus, a versão mais cara terá itens chamativos como controle de velocidade adaptativo, alerta de colisão iminente e frenagem automática de emergência. Monitor de ponto cego e farol alto automático também farão parte do pacote da versão mais cara.

Os faróis são de led e trazem uma tecnologia que amplia o alcance lateral das luzes.

A cabine é uma mistura de elementos conhecidos de outros Volkswagen. Os instrumentos virtuais são da gama compacta, de Polo a Nivus, e a central multimídia é a nova VW Play. que estreou no Nivus.

Continua após a publicidade
Taos
Divulgação/Volkswagen

Os comandos do ar-condicionado, no entanto vêm do Jetta e o Taos deverá ter duas zonas de resfriamento, contra apenas uma dos modelos mais simples. Comodidades como sensores de luz e chuva deverão estar presentes. A VW ainda não detalhou o conteúdo exato de cada versão.

Sob o capô, o Taos terá sempre o 1.4 turbo de 150 cv usado em vários outros modelos da marca. O câmbio também será sempre automático de seis marchas e não haverá opção manual, assim como todos os demais concorrentes.

  • Também não há preços para as versões vendidas no Brasil. No entanto, o Taos deve ficar na média do segmento, com variantes entre R$ 120.000 e R$ 150.000.

    VW Taos
    Divulgação/Volkswagen

    O Taos será produzido na fábrica da VW em Pacheco, na Argentina. A unidade recebeu um investimento de US$ 650 milhões para modernização da estrutura, para que pudesse começar a produzir modelos com a plataforma modular MQB, usada no Taos e em praticamente todos os VW.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade