Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Volkswagen não está trabalhando em sucessor do Eos, diz revista

Motivos seriam as vendas baixas atuais e o alto custo de desenvolver um modelo novo

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h32 - Publicado em 24 mar 2014, 15h24
fabricantes

De acordo com os meios de comunicação da Alemanha, a Volkwswagen não apresentará um sucessor do Eos, que não está mostrando um bom resultado no mercado, com as baixas vendas e apenas 8 mil unidades produzidas em 2013.

Segundo a revista Der Spiegel, além das vendas escassas, o desenvolvimento de um modelo totalmente novo sairia muito caro para a fabricante alemã. Além disso, a popularidade do segmento de conversíveis tem diminuído nos últimos anos, por isso não seria viável lançar um novo Eos.

“Alguns nichos são tão pequenas que não vale a pena”, disse o CEO da Volkswagen, Martin Winterkorn, diminuindo as chances do surgimento de um novo cabrio hardtop da VW.

O Eos está à venda desde 2006 e recebeu um facelift no final de 2010. Ele compartilha sua plataforma com a quinta geração do Golf, mas tem diferentes painéis da carroçaria. O modelo básico custa 29.450 euros na Alemanha para a versão 1.4 TSI e chega a custar até 41.025 euros para o 2.0 TSI Exclusive com 6 velocidades DSG.

Um anúncio oficial sobre a saída de linha do Eos pode ser feito ainda este ano, especialmente desde que um rumor semelhante surgiu no final de 2012.

Continua após a publicidade

Publicidade