Você sabe de onde vem o nome Jeep? Seis curiosidades do dia do jipe

Quatro de abril é o Dia do jipe. Para celebrar, compilamos algumas curiosidades da Jeep, marca-símbolo dos amantes do off-road

Para os jipeiros, dirigir na lama é mais do que uma simples diversão, é um estilo de vida

Para os jipeiros, dirigir na lama é mais do que uma simples diversão, é um estilo de vida (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Não há adepto da vida fora-de-estrada que não nutra pela Jeep um apreço especial, afinal foi ela que popularizou os veículos off-road.

Caso você não saiba, 4 de abril é considerado “Dia do Jipe”, inclusive no município de Sâo Paulo, por meio da Lei 14.026, de julho de 2005.

Sendo assim, nada mais natural do que descobrir algumas curiosidades sobre a marca Jeep, que acabou se tornando sinônimo desses simpáticos veículos com excelente capacidade off-road.

Para celebrar a data, QUATRO RODAS conta seis curiosidades sobre os jipes e a Jeep.

1. De onde vem o nome

Jeep Willys de controle remoto

Jeep Willys de controle remoto (Divulgação/Jeep)

Há três teorias sobre a origem do nome Jeep. A primeira é a de que ele nasceu da fusão das letras G e P, de General Porpose (Proposta Geral), pronunciadas em inglês.

Quando ainda era um veículo de aplicação exclusivamente militar, os soldados se referiam a ele como Diipi.

A segunda teoria faz menção ao Eugene, personagem do desenho animado Popeye, que não deixava seu companheiro na mão e tinha a capacidade de se tele transportar, vencendo qualquer obstáculo.

Eugene tinha um som característico: “Diipi, diipi”. A terceira corrente para explicar o nome Jeep, vem de uma outra provável sigla: Just Enough Essential Parts – algo como nada além das peças essenciais.

2. Carro condecorado

Terra e buracos: alvo preferido dos jipeiros

Terra e buracos: alvo preferido dos jipeiros (Divulgação/Jeep)

Uma das condecorações concedidas aos militares no período de guerra, o Purple Heart (Coração Roxo, nome alusivo) também foi dado ao veículo, tamanha a sua importância no campo de batalha.

3. Na China também é jipe

Contam os executivos da Jeep no Brasil que, assim como acontece por aqui, na China o nome jipe também designa veículos com capacidade off-road.

3. Grade icônica

Ao longo da história, a grade icônica com sete aberturas dos veículos Jeep foi alterada apenas duas vezes, tendo ficado com nove e 11 espaços vazados.

4. Wrangler já abandonou faróis redondos

Wrangler: o mais jipe dos Jeep

Wrangler: o mais jipe dos Jeep (Divulgação/Jeep)

Acostumado com a fama de pau pra toda obra, o Jeep Wrangler tem um buraco em sua história que nem sequer ele próprio consegue superar.

Ele surgiu em 1987, com a estreia da quarta geração e seus faróis quadrados. O público torceu o nariz para a aposentadoria dos faróis redondos, o que jogou a popularidade e as vendas do Wrangler na lama.

O buraco foi tão fundo que engoliu o ano-modelo 1996. A marca se apressou, mas só em 1997 conseguiu recolocar seu Wrangler de volta nos trilhos, ou melhor, nas trilhas – com faróis redondos, obviamente.

5. Estrela do cinema e dos games

De acordo com a Jeep, seus modelos já foram vistos em mais de 7.000 filmes, como protagonistas ou coadjuvantes.

E quem disse que os jipões não estão pra brincadeira? Também de acordo com a marca, a Jeep já apareceu em 432 jogos (eletrônicos ou de tabuleiro).

6. Cumprimento de jipeiros

Você acha que apenas os motoboys têm o saudável hábito de cumprimentar um ao outro ao se cruzarem ou parar num semáforo?

Modelos receberam um conector extra para a recarga doméstica

Modelos receberam um conector extra para a recarga doméstica (Divulgação/Jeep)

Nos Estados Unidos, há a chamada Jeep Wave (onda Jeep), uma espécie de código de conduta entre os Jeepers (jipeiros).

Surfar na onda Jeep é fácil: basta fazer um V com os dedos de uma das mãos, mas as duas devem estar no volante.

Em geral, a atitude é mais comum entre os motoristas de Wrangler, mas não é raro um destes estender o discreto cumprimento aos donos de outros modelos da marca.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s