Clique e assine por apenas 6,90/mês

Sucessor do Passat CC, novo Volkswagen Arteon é revelado

Com visual e dinâmica de cupê, novo sedã será apresentado em Genebra

Por Da Redação - Atualizado em 6 mar 2017, 15h34 - Publicado em 6 mar 2017, 15h19
Dianteira tem harmonia entre os filetes da grade e os faróis
Dianteira tem harmonia entre os filetes da grade e os faróis

A Volkswagen volta a investir em produtos focados no segmento premium com o novo Arteon. Substituto do CC, que ainda não havia sido contemplado no portfólio da nova geração do Passat, o sedã com perfil de cupê (ou cupê de quatro portas, para o marketing da VW) definitivamente ganha nome e identidade próprios.

Baseado na plataforma modular MQB alongada, seu destaque visual é a dianteira, com uma ampla grade cujas linhas são continuadas pelos faróis de leds, terminando em curvas ascendentes. O capô invade um pouco da grade e se estende até as caixas de roda, dando uma sensação de amplitude.

Capô tem vincos e amplitude, invadindo o topo da grade
Capô tem vincos e amplitude, invadindo o topo da grade Volkswagen/Divulgação

O perfil limpo, com vincos marcantes mas sóbrios nas laterais, traz um teto com o típico caimento suave dos sedãs metidos a cupês. A traseira é arrematada por um spoiler, como no CC, com lanternas horizontais também de leds.

Perfil do teto é o de um sedã com jeito de cupê
Perfil remete ao do Audi A5, com fendas logo abaixo dos retrovisores

A Volks afirma que o objetivo do Arteon é ser um Gran Turismo, um nível de sofisticação acima do Passat, com dinâmica e visual mais esportivos, combinados com o conforto e espaço de um sedã tradicional. Segundo a marca, o espaço para as pernas e cabeças no banco traseiro aumentou em relação ao CC, assim como o porta-malas, que agora comporta no mínimo 565 litros.

Continua após a publicidade
Motorização topo de linha tem 280 cavalos, com tração integral

Por dentro, o estilo é mais sóbrio, sem fugir do padrão Volkswagen. Há novidades interessantes, como o painel totalmente digital já existente nos Audi, central multimídia de 9,2 polegadas e head-up display. Os bancos dianteiros trazem ajustes elétricos em todas as versões.

Painel TFT configurável e central multimídia com tela de 9,2 polegadas
Painel TFT configurável e central multimídia com tela de 9,2 polegadas

Além da configuração básica de equipamentos, já bem recheada, o Arteon será lançado com os pacotes Elegance (mais sofisticado) e R-Line (mais esportivo). Ambas oferecem acabamento de couro Alcantara, com detalhes em alumínio, aço inoxidável ou preto brilhante.

Na configuração R-Line, bancos e volante trazem grafismo exclusivo
Na configuração R-Line, bancos e volante trazem grafismo exclusivo

Já as opções de motorização são seis, todas de quatro cilindros. Com gasolina, o básico é o novo 1.5 TSI de 149 cavalos, seguido pelo 2.0 TSI com 190 cavalos e uma configuração mais potente do mesmo 2.0, com 280 cavalos.

Espaço no banco traseiro foi ampliado
Espaço no banco traseiro foi ampliado; há saídas de ar-condicionado dedicadas Divulgação/Volkswagen

A diesel, serão disponibilizados três configurações do 2.0 TDI, com 148, 190 e 239 cavalos. As opções de câmbio se distribuem entre manual de 6 marchas e DSG de 7 marchas, com a oferta da tração integral 4Motion nos TSI e TDI mais potentes.

Continua após a publicidade
Traseira tem spoiler e lanternas horizontais com leds
Traseira tem spoiler e lanternas horizontais com leds

Entre os auxílios oferecidos ao motorista estão sistemas que estreiam na linha VW, como o novo piloto automático adaptativo capaz de agir conforme os limites de velocidade e dados de trânsito das vias, e os faróis adaptativos conectados ao GPS para antecipar a iluminação de curvas – algo que também já existe nos Audi mais sofisticados.

Publicidade