Segredo: Honda Civic Si custará R$ 159.900 no Brasil

Nova geração do esportivo tem câmbio manual de seis marchas e, pela primeira vez, motor turbo

Honda Civic Si Coupé

 (divulgação/Quatro Rodas)

Um comunicado repassado aos concessionários Honda, ao qual Quatro Rodas teve acesso, informa o início do faturamento da nova geração do Civic Si.

Ele custará R$ 159.900 no Brasil em pacote fechado, sem opcionais. Veja abaixo:

honda civic si Comunicado revela valor do novo Civic Si

Comunicado revela valor do novo Civic Si (Reprodução/Honda)

Esta é a primeira vez que o Civic Si tem motor turbo desde o lançamento da versão – em 1984, na terceira geração do modelo. É o 1.5 I-VTEC turbo em versão de 208 cv a 5.700 rpm e 26,5 mkgf de torque entre 2.100 e 5.000 rpm, sempre com câmbio manual de seis marchas.

Para-choques ganha aberturas maiores nas laterais Para-choques ganha aberturas maiores nas laterais; a grade em preto e brilhante é a mesma do Civic Sport nacional

Para-choques ganha aberturas maiores nas laterais; a grade em preto e brilhante é a mesma do Civic Sport nacional (divulgação/Honda)

Apesar das críticas aos números de potência e torque, menores que os de concorrentes como Golf GTI e Focus ST, o novo Civic Si promete ser mais empolgante que a versão Touring, de R$ 124.990, que usa o 1.5 turbo em versão de 173 cv e 22,4 mkgf, sempre acoplado a um câmbio CVT.

Nós já andamos no modelo no Japão, e cravamos: sim, é um esportivo de verdade.

Cupê tem duas portas e aerofólio mais pronunciado Cupê tem duas portas e aerofólio mais pronunciado

Cupê tem duas portas e aerofólio mais pronunciado (divulgação/Honda)

Para efeito de comparação, o antigo 2.4 tinha 206 cv (7.000 rpm) e 23,9 mkgf (4.400 rpm) e o anterior a ele, que era fabricado no Brasil, tinha 192 cv (7.800 rpm) e 19,2 mkgf (6.100 rpm). Se por um lado não é girador, por outro gera mais torque mais cedo.

Interior não economiza nos detalhes vermelhos Interior do Si não economiza nos detalhes vermelhos

Interior do Si não economiza nos detalhes vermelhos (divulgação/Honda)

Como na geração passada, o Civic Si será importado apenas na carroceria duas portas. Sua traseira é mais curta e recebe dois elementos bastante chamativos: um enorme aerofólio e saída de escape central cromada. Na frente, as enormes tomadas de ar no para-choque dão o toque de esportividade.

Bancos são um meio-termo entre os concha e os convencionais Bancos são um meio-termo entre os concha e os convencionais

Bancos são um meio-termo entre os concha e os convencionais (divulgação/Honda)

Fazem parte do pacote de equipamentos os faróis full-led, o modo Sport capaz de mudar as respostas do chassi e da suspensão com amortecedores adaptativos, assistente de permanência em faixa, partida por botão, rodas aro 18″, bancos esportivos e freio de estacionamento eletrônico. 

Em vez de azul, este Civic usa iluminação vermelha no painel Em vez de azul, este Civic usa iluminação vermelha no painel

Em vez de azul, este Civic usa iluminação vermelha no painel (Divulgação/Honda)

O novo Honda Civic Si estará disponível nas cores branco pérolizado, azul metálico, vermelho e preto perolizado, sempre com interior preto.

O valor de R$ 159.900 já pode ser considerado alto: no Brasil, o VW Golf GTI está tabelado em R$ 134.870. Pesa a favor do alemão o motor 2.0 TSI com 220 cv e 35,7 mkgf a 1.500 rpm (são nada menos que 9,1 mkgf a mais que o Si).

Mas o Civic Si traz uma carroceria cupê de duas portas com perfil mais esportivo que o discreto VW, e a possibilidade de ajuste da suspensão, coisa que o Golf não oferece.

Novo CR-V já tem preços

honda cr-v 2018 Novo CR-V deve começar a ser vendido em abril

Novo CR-V deve começar a ser vendido em abril (Reprodução/Honda)

A nova geração do Honda CR-V também é assunto do comunicado. Custará a partir de 179.990, sempre com versão do motor 1.5 I-VTEC turbo de 190 cv e câmbio automático do tipo CVT.

Novo Honda CR-V Nova geração chega às lojas em abril

Nova geração chega às lojas em abril (Divulgação/Honda)

Assim como o Civic, tem faróis full-led, rodas aro 18″ e assistente de permanência em faixa, mas ainda conta com partida do motor à distância, head-up display, monitor de fadiga, abertura elétrica do porta-malas, bancos dianteiros com ajuste elétrico.

Novo Honda CR-V

 (Divulgação/Honda)

 

Procurada, a Honda disse que “não comenta sobre lançamentos futuros. Todas as informações sobre os modelos CR-V e Civic Si serão divulgadas no lançamento”. A apresentação oficial do CR-V no Brasil está marcada para amanhã (dia 15).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Marcelo Vieira

    Bom dia leitores!!! Na minha humilde opinião o SI tinha q ser sedan!!! E outra, a Honda da dando bobeira, é a primeira vez que eu vejo proprietários do top de linha (Touring) instalado acessório do modelo de entrada, todo mundo quer grade preta e roda preta, acorda Honda, lança um Touring Sport, aumente as vendas e diminui o preço p gente!!!

  2. Quatro rodas desvendou um segredo hiper bem guardado. Parabéns.

  3. A adoção do 1.5T será uma opção interessante para o CR-V, que em sua versão de 2 litros é famigerada por gasolina. Quando for lançado será interessante um comparativo entre ambas as gerações.