Clique e assine por apenas 8,90/mês

Rolls-Royce quer investir em SUVs, mas não sabe como

Presidente da montadora de luxo afirmou que segmento pode ser muito interessante para os negócios da companhia

Por Daniela Barbosa, de Exame.com - Atualizado em 9 nov 2016, 12h58 - Publicado em 10 jan 2014, 16h00
fabricantes

O segmento de automóveis SUV tem intensificado os negócios de muitas montadoras no mundo e até a companhia de luxo Rolls-Royce parece não querer ficar fora desse mercado. O problema é que ela não sabe como começar a investir nesse novo negócio.

Em uma entrevista à CNBC, Torsten Muller-Otvos, presidente da montadora, afirmou que o segmento é muito interessante.

“A questão é como um carro Rolls-Royce ficaria se quisermos entrar nesse segmento. É algo que estamos olhando com bastante intensidade”, afirmou o executivo ao canal de TV.

Segundo ele, pode ser desafiador entrar nesse novo mercado, uma vez que a Rolls-Royce não e uma marca de carros esportivos, muito menos utilitários.

Continua após a publicidade

Caso comece a investir em SUVs, a Rolls-Royce não vai ficar atrás da Bentley, uma de suas principais rivais no mercado de luxo.

A montadora, que pertence ao grupo Volkswagen, em 2013, anunciou que vai investir mais de 1 bilhão de dólares para desenvolver o utilitário esportivo, que deve chegar ao mercado em 2016.

Segmento que cresce

O segmento de SUV é um dos que mais cresce na indústria global de automóveis e ainda tem muito para expandir.

Continua após a publicidade

Segundo estimativas da LMC Automotive, até 2015, as vendas devem chegar a mais de 16 milhões de unidades em todo o mundo Hoje esse mercado já representa 16% das vendas globais de carros.

A Jaguar Land Rover é uma das principais montadoras que produzem SUVs de luxo e também em 2013 anunciou que pretende investir mais de 2 bilhões de dólares por ano para expandir sua marca e presença global.

Resultados financeiros

Embora ainda não aproveite do bom momento do mercado de SUV, a Rolls-Royce anunciou recorde de vendas em 2013, o quarto seguido.

Publicidade