Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Renault Twingo GT promete diversão com motor turbo e tração traseira

Desenvolvido pela divisão esportiva da marca, o compacto ganha 21 cv de potência e 3,6 mkgf de torque extras e câmbio manual

Por Guilherme Fontana Atualizado em 23 nov 2016, 21h10 - Publicado em 6 jun 2016, 17h27
Renault Twingo
Visual da versão esportiva não tem grandes diferenças para as convencionais

A Renault apresentou mais um integrante para o time dos aclamados hot hatches: o Twingo GT. Feito em parceria com a divisão Renault Sport, o compacto tem uma das receitas mais interessantes entre a concorrência, com motor turbo, câmbio manual, tração e motor traseiros. Sua primeira aparição pública será feita entre os próximos dias 23 e 26 de junho, durante o Festival de Velocidade de Goodwood, na Inglaterra.

O Twingo GT tem pequenos detalhes que mostram sua vocação esportiva. Na dianteira, os faróis e a grade principal receberam acabamentos escurecidos. Na traseira, além da dupla saída de escape, abandonou a nomenclatura central com o nome do carro, mas ganhou as incrições “Renault Sport” e “GT” nas extremidades da tampa do porta-malas — de vidro, como no Volkswagen Up! europeu. As rodas de 17 polegadas têm acabamento diamantado. A marca não divulgou imagens do interior do hatch, mas apontou para detalhes na cor laranja e pedais em alumínio. 

twingo gt
Twingo GT

Além do visual chamativo, também é impossível se manter indiferente com o conjunto mecânico do pequeno esportivo. O motor é um 0.9 turbo traseiro com 112 cv e 17,3 mkgf de torque (21 cv e 3,6 mkgf a mais em relação às versões convencionais), sempre acompanhado de câmbio manual e tração traseira. Os dados de desempenho ainda não foram revelados, mas espera-se um 0 a 100 km/h em cerca de 9 segundos. Os sistemas de direção e suspensão foram recalibrados, assim como o sistema de tração e estabilidade. Já o peso não foi divulgado, mas deve se manter abaixo de 1 tonelada.

Continua após a publicidade

Publicidade