Clique e assine com até 75% de desconto

Recarga de bateria sem-fio

Sistema promete facilitar a vida de quem optar por um veículo elétrico

Por Fernando Valeika de Barros, de Los Angeles Atualizado em 9 nov 2016, 12h10 - Publicado em 5 dez 2012, 18h03
geral

O processo de popularização dos carro elétricos tem três principais garagalos: autonomia das baterias, o preço e o desconforto e exigência da instalação de cabos e tomadas, que demanda mudanças na infraestrutura. Pelo menos em relação a esta última operação, a próxima geração de automóveis elétricos pode trazer um grande avanço.

No Salão do Automóvel de Los Angeles, o americano Jim Lentz revelou que já estão em desenvolvimento baterias recarregáveis por sistema sem-fio. “Não será algo para curto prazo, mas sabemos que os consumidores querem ter acesso a carros elétricos com sistemas de recarga mais fáceis de operar”, conta ele.

Apesar de Lentz garantir que o sistema da Toyota está sendo desenvolvido “em casa”, é possível que a montadora japonesa lance seu sistema de recarga wi-fi usando a tecnologia da Witricity, empresa dos Estados Unicos. Os americanos bolaram um sistema de recarregamento por ressonância que está em fase de testes e mantém uma parceria com a Toyota, desde 2011.

Recentemete, outras montadoras, como a alemã Audi e a japonesa Mitsubishi também assinaram acordos com a Witricity. Mas, há mais gente neste páreo já que Renault-Nissan e Daimler, que possuem acordos de compartilhamento de tecnologia, também estão desenvolvendo sistemas similares. No começo deste ano, a Chrysler apresentou o novo Dodge Dart com sistema de recarga para celulares por indução, completamente sem-fio. Como se vê, a ideia é a bola da vez para carregar carros elétricos nos próximos anos.

Continua após a publicidade
Publicidade