Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Quatro pessoas são presas por suspeita de venda online de carros roubados

Veículos com placas e documentos falsos eram negociados pela Internet

Por Rodrigo Furlan/Imagem: Reprodução-TV Globo Atualizado em 9 nov 2016, 14h38 - Publicado em 19 ago 2015, 14h35
geral

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de São Paulo anunciou a prisão de quatro pessoas suspeitas de venderem carros roubados e furtados pela Internet. De acordo com o os oficiais envolvidos na investigação, os veículos tinham placas e documentos falsos e eram disponibilizados em sites de e-commerce por valores menores do que aqueles praticados pelo mercado.

Uma vez que um cliente se mostrasse interessado em determinado carro, ele era convidado a vê-lo pessoalmente. Mulheres eram utilizadas para essa apresentação e, caso o negócio fosse fechado, entregavam os documentos frios ao comprador. Depois da efetuação do depósito, o carro era repassado ao pagador, e a fraude só era descoberta no momento de transferência da propriedade do veículo.

Depois de uma denúncia, o departamento passou a monitorar os movimentos dos suspeitos, prendendo uma das envolvidas no início de agosto e recuperando nove carros. A partir de então, obteve mais informações e deteve mais três envolvidos, além de conseguir reaver outros 11 veículos – totalizando 20.

Continua após a publicidade

Publicidade