Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prefeitura de SP vai incluir 240 km na área do rodízio

Esta é a primeira vez em que a restrição será ampliada desde a sua criação

Por Natali Chiconi Atualizado em 9 nov 2016, 12h27 - Publicado em 28 Maio 2013, 10h24
geral

A Prefeitura de São Paulo informou que incluirá 240 km de vias na área do rodízio municipal de veículos. A medida, que atinge os principais corredores fora do centro expandido, é a primeira alteração no sistema desde sua criação, em 1997.

A mudança não será imediata. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a nova regra será adotada à medida que houver mais faixas exclusivas de ônibus, que serão de 150 km. Estima-se que, a cada semana, uma seja inaugurada.

Com a mudança, 46 vias serão incluídas no rodízio municipal. Locais com grande circulação, tais como Avenidas Interlagos, Teotônio Vilela e Jornalista Roberto Marinho, dentre outras, serão afetadas.

Atualmente, a CET usa simuladores de tráfego para estimar que será o impacto da ampliação do rodízio. Segundo o órgão, a velocidade média dos carros na cidade toda melhoraria 15%, passando de 17,3 km/h para 20 km/h.

Houve, ainda, uma outra análise, que prevê deixar o carro na garage duas em vez de uma vez por semana. Os resultados, no entanto, apontaram que os impactos na cidade seriam menores.

O horário do rodízio não muda. Ele continuará valendo apenas nos horários de pico (das 7h às 10h e das 17h às 20h). A relação entre o fim da placa e o dia em que o veículo fica em casa também não deve alterada.

Continua após a publicidade

Publicidade