Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Porsche Taycan Cross Turismo já deu 25 voltas ao mundo em testes

Versão perua aventureira do Taycan rodou quase 1 milhão de quilômetros para afinar conjunto mecânico e comportamento em todo terreno

Por Igor Macario Atualizado em 13 Maio 2021, 15h01 - Publicado em 25 fev 2021, 14h14
taycan
Perua terá aptidões para uso fora de estrada Divulgação/Porsche

A Porsche está determinada em diminuir as emissões de poluentes de sua gama de modelos, tanto que vem investindo pesado nos testes de rodagem de mais um elétrico. A versão Cross Turismo do Taycan, que está em estágios finais de testes, já acumulou nada menos que 998.359 quilômetros rodados apenas para testes de validação.

Um dos objetivos é garantir que a perua tenha performance semelhante ao sedã. Por isso a perua aventureira já rodou o suficiente para dar a volta no Equador 25 vezes. Isso porque além do desempenho poderoso já visto no Taycan “normal”, a Cross Turismo ainda terá capacidades fora de estrada.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Segundo a Porsche, a perua será capaz de lidar com voltas em alta velocidade numa pista, mas também não fazer feio em lama ou cascalho. A marca deixa claro que a Cross Turismo tem características próprias e um bocado distintas do Taycan sedã. A Porsche criou até um suporte de bicicletas próprio para o modelo, de forma que ele não gere tanta resistência ao ar e roube preciosos quilômetros de autonomia.

Além de aprimorar os próprios veículos, a Porsche também fará ações para compensar as emissões de carbono emitidas por seus veículos. O programa Porsche Impact vai financiar instituições e projetos relacionados ao clima certificados internacionalmente.

Continua após a publicidade

taycan
Divulgação/Porsche

A marca lançou uma calculadora que relacionará o consumo e combustível e quilometragem anuais para estimar um valor compensatório. No Brasil, os recursos serão destinados à proteção de florestas no País.

Por exemplo, se um modelo com motor a combustão rodar 15.000 km num ano, com consumo médio de 8,3 km/l, a Porsche estima uma compensação entre R$ 1.930 e R$ 3.217. O valor vai variar de acordo com o projeto selecionado pelo dono do carro para receber os recursos.

Até mesmo donos de carros de outras marcas podem se inscrever no projeto. Além do Brasil, o Porsche Impact atua no Vietnã, China e Zimbábue.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

QR - CAPA 742 - FEVEREIRO
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade