Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Os supercarros que Felipe Massa possui na garagem

Com aposentadoria anunciada para o final de 2016, conheça alguns dos principais modelos que já passaram por sua garagem particular

Por Diego Dias Atualizado em 23 nov 2016, 21h36 - Publicado em 2 set 2016, 18h52

Coleção de carros do Felipe Massa

Quando fizer sua última corrida de Fórmula 1 no final desse ano, Felipe Massa terá completado na carreira 252 corridas, sendo 11 vitórias (todas elas pela Ferrari), 41 pódios, 16 poles positions e 15 voltas rápidas. Além disso, alcançou o vice-campeonato no Mundial de 2008.

Enquanto ele decide se continuará competindo em outras categorias no futuro, certamente sobrará mais tempo para dirigir sua formidável frota de carros. Confira a seguir os modelos que o piloto de F-1 possui (ou já teve) na garagem.

Ferrari LaFerrari
Ferrari LaFerrari

Ferrari LaFerrari

Massa já causou barulho nas redes sociais ao divulgar que possui uma LaFerrari na cor preta, com detalhes vermelhos nos para-choques, espelhos retrovisores, capa dos freios e interior. O hiperesportivo foi lançado em 2013, com um motor V12 6.3 aspirado atrelado a um propulsor elétrico que, somados, geram 963 cv de potência e torque máximo de 91,6 mkgf. Superlativo em todos os aspectos, o modelo acelera de 0 a 200 km/h em meros 7 segundos e alcança a máxima de 350 km/h.

 

Maserati Quattroporte GTS
Maserati Quattroporte GTS

Maserati Quattroporte GTS

O brasileiro também já foi visto na Europa a bordo de um carro, digamos, mais família: um Maserati Quattroporte GTS. Lançado em 1963, o grande sedã atualmente está na sexta geração. Hoje porta um motor V8 3.8 biturbo de 530 cv e 78,3 mkgf de torque máximo e, mesmo em traje de gala, acelera de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e atinge os 307 km/h.

 

Abarth 695 Tributo Ferrari
Abarth 695 Tributo Ferrari

Abarth 695 Tributo Ferrari 

Em 2010, Massa e o então companheiro de equipe Fernando Alonso ganharam da Ferrari uma espécie de chaveiro anabolizado do mundo dos esportivos: o Abarth 695 Tributo Ferrari, um das versões mais exclusivas e poderosas do simpático Fiat 500.

Continua após a publicidade

Feita em homenagem à Ferrari, trazia a exclusiva cor vermelha, além de rodas de 17 polegadas pintadas de cinza, emblemas alusivos à versão e interior com peso reduzido, com bancos concha e painel com inserções de fibra de carbono. O motor é o conhecido 1.4 turbo de 180 cv, que faz o Abarth 695 Tributo Ferrari ir da imobilidade aos 100 km/h em 7 segundos, além de atingir a máxima de 225 km/h.

 

Jeep Grand Cherokee SRT8 Ferrari Edition
Jeep Grand Cherokee SRT8 Ferrari Edition

Jeep Cherokee SRT8 Ferrari Edition

Massa ganhou um Grand Cherokee SRT8 da Jeep em 2012, quando a marca norte-americana passou a integrar o grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles). Na época, tanto ele quanto Alonso ganharam unidades personalizadas, com a pintura vermelha clássica das Ferrari, rodas de 20 polegadas pintadas de preto, faixa preta na carroceria e emblemas com a bandeira da Itália.

Debaixo do capô do SRT8 há um motor V8 HEMI 6.4 de 476 cv e 64,2 mkgf de torque. O grandalhão acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos. Nada mal para um SUV de mais de 2 toneladas.

 

Ferrari F40 e LaFerrari de Felipe Massa
Ferrari F40 e LaFerrari de Felipe Massa

Ferrari F40

Achou que a LaFerrari era o suprassumo dos carros de Massa? Nada disso. O piloto brasileiro é proprietário de uma lendária Ferrari F40 – e inclusive já postou fotos no Instagram com os dois mitos lado a lado. Cada vez mais valorizada no mercado de supercarros usados), ela tem um V8 de 2,9 litros que gera 478 cv e 58,5 mkgf de torque e para muitos a melhor experiência ao volante da história dos supercarros.

 

Ferrari 599 GTB Fiorano
Ferrari 599 GTB Fiorano

Ferrari 599 GTB Fiorano

Na época que fazia parte da Scuderia Ferrari, Massa ainda teve um exemplar da 599 GTB Fiorano. A macchina era dotada de um V12 6.0 aspirado sob o capô, que desenvolve 620 cv e 62 mkgf de torque máximo. Não há informações se o piloto ainda mantém sua unidade. Mas depois do que vimos acima, convenhamos: ela não faria assim tanta falta.

Continua após a publicidade

Publicidade