Clique e assine por apenas 8,90/mês

Os itens que a Fiat Strada Volcano tem e uma Toro R$ 10.000 mais cara não

Versão de topo de linha da Strada é menor, mas conta com central multimídia mais moderna, volante multifuncional, rodas de liga leve e melhor acabamento

Por Renan Bandeira - Atualizado em 10 abr 2020, 07h01 - Publicado em 10 abr 2020, 07h00
Fernando Pires/Arte/Quatro Rodas

A Fiat Strada é um dos principais lançamentos deste ano no mercado nacional. A picape compacta é a líder de vendas em seu segmento e ganhou uma segunda geração após mais de 20 anos de produção.

A marca iria realizar a apresentação oficial do modelo em março, mas devido a pandemia de Coronavírus, foi adiada. Para seguir na liderança dos emplacamentos, a nova Strada terá opções de cabine simples e dupla – inédito entre os modelos da categoria.

Esta última configuração poderá ser encontrada em qualquer uma das três versões da picape: Endurance (entrada); Freedom (intermediária); Volcano (topo de linha).

Assinatura ampla da marca é vistana grade e na tampa traseira Fernando Pires/Quatro Rodas

Ainda não se tem certeza de quanto irá custar a nova geração da Strada, mas estima-se que a versão Endurance cabine simples chegue por cerca de R$ 65.000 e a cabine dupla R$ 72.000.

Continua após a publicidade

A Freedom deverá valer R$ 73.000 na versão duas portas e R$ 80.000 na de quatro portas. Já a topo de linha deve alcançar a faixa de R$ 85.000 e terá apenas a opção de cabine dupla.

Neste caso, a picape recebeu pacote adicional para conter faróis de neblina Fernando Pires/Quatro Rodas

Com esse valor e a gama de acessórios, a Strada Volcano mostrou que pode ser uma boa concorrente à sua irmã maior, a Toro, que parte de R$ 96.990 em sua versão mais básica, Endurance com câmbio manual.

Externamente, a Volcano se sobressai apresentando maçanetas e capas de retrovisores nas cores na carroceria, diferente das peças da Toro Endurance, que vêm em plástico preto.

Além disso, a compacta é equipada com rodas de liga leve de 15 polegadas, enquanto a média vem com rodas de ferro e calotas de 16 polegadas.

Continua após a publicidade
Mesmo em modo Sport, Toro sente a falta de um motor mais forte Fernando Pires/Quatro Rodas

No balanço dianteiro, ambas possuem luzes diurnas de led, mas só os faróis da Strada possuem leds também nos fachos baixo e alto, contra as lâmpadas comuns da irmã maior. O modelo compacto ainda conta com farol de neblina de série.

Desenho dos faróis lembra os que equipam o Mobi. Conjunto óptico é do tipo projetor em led Fernando Pires/Quatro Rodas

Na parte de trás, a caçamba da Volcano conta com capota marítima, diferentemente da Toro. A nova geração da picape também possui câmera de ré, sensor de estacionamento e barras longitudinais no teto.

Porém, embora a abertura da tampa de sua caçamba tenha alívio de peso, só a Toro possui uma peça bipartida e auxílio elétrico para abertura lateral.

Na capacidade de carga da caçamba, um surpreendente empate de 650 kg entre ambas, o que pode ser considerado uma vantagem para a Stradinha Volcano.

Continua após a publicidade
Painel da Volcano ganhou botões físicos na parte superior da tela de entretenimento Fernando Pires/Quatro Rodas

Por dentro, a Strada também leva vantagem por ter volante multifuncional, computador de bordo no painel de instrumentos e central multimídia com conexão sem fio à Android Auto e Apple CarPlay.

Nova central multimídia equipa apenas a nova geração da Strada Fernando Pires/Quatro Rodas

Em contrapartida, a Toro apresenta sistema Start-Stop, piloto automático com controle de velocidade, alerta de limite de velocidade e quadro de instrumentos com computador de bordo digital colorido.

Central multimídia e volante multifuncional equipam carro em pacote promocional de R$ 2.500 Fernando Pires/Quatro Rodas

Outra surpresa é que a Toro Endurance manual perde em acabamento interno, já que a Strada conta com material que simula couro revestindo volante e faixas dos bancos, além de texturas em relevo. Também traz retrovisores externos elétricos, enquanto os da Toro têm um anacrônico ajuste manual.

Em igualdade, os modelos vêm equipados de série com: controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, direção elétrica, ar-condicionado manual, volante e banco do motorista com ajuste de altura, chave com telecomando, alarme antifurto, santantônio e travas e vidros elétricos.

Continua após a publicidade

A Fiat disponibiliza dois pacotes para deixar a Toro Endurance mais completa. O primeiro deles custa R$ 3.500 e oferece: faróis de neblina, retrovisores com tilt down e sensores traseiros de estacionamento.

O outro pacote de R$ 2.500 acrescenta a antiga central de 7 polegadas compatível com Android Auto e Apple Car Play que utiliza cabo, câmera de ré, volante multifuncional com couro e sistema de som com seis alto-falantes e dois twetters.

No entanto, isso acrescentaria R$ 6.000 no valor do veículo, fazendo ele chegar ao total de R$ 102.990, cerca de R$ 18 mil a mais do que o esperado para a nova Strada Volcano.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de abril da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Publicidade