Opel apresenta o Crossland X, substituto da Meriva na Europa

Monovolume dá lugar a crossover após duas gerações e 15 anos

Depois das peruas, são os monovolumes que vivem em crise existencial. Os Peugeot 3008 e 5008 se transformaram em crossovers, e agora surge o Opel Crossland X como substituto do Meriva.

Lanternas traseiras horizontais e próximas do vidro até lembram o Peugeot 3008 Lanternas traseiras horizontais e próximas do vidro até lembram o Peugeot 3008

Lanternas traseiras horizontais e próximas do vidro até lembram o Peugeot 3008 (Divulgação/Quatro Rodas)

Com apresentação marcada para março no Salão de Genebra, o Crossland (não confundir com o jipe brasileiro Crosslander) é 1,6 cm mais curto e 7 cm mais baixo que o Opel Mokka X (que você conhece como Chevrolet Tracker). Seus concorrentes serão o Peugeot 2008 e o Renault Captur, enquanto o Mokka, que tem opção de tração integral, cuidará de Nissan Juke e Skoda Yeti.

Dianteira segue o mesmo estilo de design do Opel Mokka X Dianteira segue o mesmo estilo de design do Opel Mokka X

Dianteira segue o mesmo estilo de design do Opel Mokka X (Divulgação/)

Mas não podemos esquecer que o Crossland X ocupa o lugar do Meriva, um carro que historicamente se destacou pelo bom espaço interno. A Opel garante que seu novo produto será líder do segmento neste aspecto.

Painel e quadro de instrumentos são muito parecidos com os do Opel Astra Painel e quadro de instrumentos são muito parecidos com os do Opel Astra

Painel e quadro de instrumentos são muito parecidos com os do Opel Astra (Divulgação/)

Um dos destaques é o banco traseiro que corre sobre trilhos para garantir um porta-malas de até 410 litros  (54 a mais que o Mokka X). Ele ainda poderá ter teto panorâmico, assistente de frenagem autônoma, câmera com visão 180° e central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, além do serviço OnStar.

Banco traseiro tem encostos individuais e corre sobre trilhos Banco traseiro tem encostos individuais e corre sobre trilhos

Banco traseiro tem encostos individuais e corre sobre trilhos (Divulgação/)

O novo crossover da Opel será vendido na Europa com os motores a gasolina 1.2 de 81 cv e 1.2 Turbo DI (injeção direta) com 110 e 130 cv, além do 1.6 Diesel com 100 e 120 cv.

Plataforma do Crossland X será compartilhada com Peugeot e Citroën Plataforma do Crossland X será compartilhada com Peugeot e Citroën

Plataforma do Crossland X será compartilhada com Peugeot e Citroën (Divulgação/)

Uma curiosidade é que o Crossland X terá sua plataforma compartilhada com as próximas gerações dos Peugeot 2008 e C3 Picasso. A produção dos três será na fábrica do Grupo PSA, em Zaragoza, na Espanha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Vitor Ricardo de Oliveira

    É impressão minha ou ele tem linhas semelhante ao finado Agile!

  2. Stilgar Duna

    Também notei isso Vitor.

  3. Agile, que por sua vez, veio do conceito Gpix. Lindo carro, mas estragaram no Brasil. E a Meriva, que já deu certo aqui, nos abandonou para nunca mais retornar….ehê brasil véi de guerra.

  4. Assim que o Tragile deveria ser e o resultado é a porcaria que a GM fez aqui