Clique e assine por apenas 5,90/mês

Novo SUV da Jeep fará estreia mundial no Brasil

Possivelmente chamado de Compass, SUV será fabricado em Goiana (PE)

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 23 nov 2016, 20h45 - Publicado em 16 mar 2016, 18h56
Jeep Compass
Modelo será uma das atrações da Jeep no Salão do Automóvel

O novo utilitário esportivo da Jeep será apresentado ainda este ano no Brasil. A revelação partiu de Mike Manley, CEO da marca, durante evento realizado nos Estados Unidos.

Sua apresentação mundial estava agendada para o Salão de Nova York, que acontecerá entre os dias 25 de março e 3 de abril, mas acabou sendo adiada. Havia a expectativa de que o veículo fosse exibido no Salão de Paris, mas a Jeep resolveu mostrá-lo no último trimestre deste ano, em evento a ser realizado dentro da planta de Goiana, em Pernambuco. Apesar das alterações, Manley negou um possível atraso no cronograma do projeto.

“Não há atraso algum (no desenvolvimento do carro). Tudo está indo conforme o planejado e estamos muito satisfeitos com isso. Trata-se de uma prova da importância do Brasil e do desempenho do Renegade naquele mercado, e de como enxergamos seu desenvolvimento”, afirmou o executivo ao jornal The Detroit News.

Embora Manley não tenha confirmado outros detalhes e nem o nome definitivo do SUV, a Jeep já definiu que o veículo se chamará Compass ou Patriot. “Temos dois nomes excelentes e bem estabelecidos, que continuam se saindo muito bem. Será um destes nomes, mas vocês precisarão esperar para descobrir”, disse o CEO durante o Salão de Detroit deste ano.

Internamente conhecido pelo código 551, o SUV deve se chamar Compass. Flagras de unidades camufladas indicam que o carro lembra um “mini-Grand Cherokee”. As versões mais caras serão equipadas com o mesmo conjunto do Renegade diesel, ou seja, motor 2.0 de 170 cv e transmissão automática de nove velocidades. No entanto, outras motorizações estariam sendo testadas no Brasil, inclusive o 2.0 16V Tigershark, que na Europa entrega 158 cv. Por aqui, no entanto, o motor será retrabalhado para a tecnologia bicombustível.

Continua após a publicidade
Publicidade