Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo Renault Clio é o hatch que o Sandero nacional deveria ser

Além do interior revelado oficialmente, vazaram imagens externas da nova geração do modelo, que será vendido na Europa (mas não por aqui)

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 28 jan 2019, 20h31 - Publicado em 28 jan 2019, 20h16
Dianteira remete à geração anterior vendida na Europa Ferd/Internet

Não fique triste: a quinta geração do Renault Clio está bem distante do Brasil. Mas isso não impede que a gente babe com as imagens recém-reveladas do hatch (e torça pela chegada ao país).

Enquanto o painel foi mostrado oficialmente pelo fabricante, dianteira e traseira do modelo vazaram na página Ferd, dedicada aos segredos da indústria automotiva no Facebook.

Painel recebeu componentes do Duster vendido na Europa Divulgação/Renault

Olhares mais atentos notarão semelhanças com o Duster à venda na Europa – uma geração à frente do nosso e também negado para nós –, como os comandos de ar-condicionado.

Além da central multimídia, o modelo tem quadro de instrumentos digital Divulgação/Renault

Um dos destaques será a central multimídia flutuante com tela sensível ao toque ao estilo tablet, mas ele também terá quadro de instrumentos digital, partida por botão e freio de estacionamento eletrônico.

Carroceria vazou em página de segredos no Facebook Ferd/Internet

Por fora, o visual segue fiel às linhas do modelo atual, porém, com influências dos lançamentos mais recentes da Renault. As dimensões da carroceria ainda não foram confirmadas.

Continua após a publicidade
Traseira também apareceu antes da apresentação oficial Ferd/Internet

Ou seja: seja em visual ou tecnologias, o novo Clio tem tudo que gostaríamos de ver no Sandero brasileiro num futuro não muito distante. Seria isso possível?

Difícil apostar nisso tão cedo: com uma reestilização prevista (e já patenteada) para o Sandero no Brasil ainda este ano, é pouco provável que o Clio seja comercializado por aqui. Quer dizer: ao menos exatamente como lá fora.

Novo Renault Sandero já está registrado no Brasil Inpi/Internet

Durante a apresentação do SUV Koleos – confirmado e negado para nós –, em 2017, executivos da Renault disseram à reportagem de QUATRO RODAS que uma das tendências seria vermos no brasil modelos visualmente alinhados com a Europa.

Única – e importante – mudança seria a utilização de uma plataforma mais simples.

Essa estratégia foi aplicada ao nosso Captur, que manteve boa parte das linhas do Captur “original”, porém sobre a base B0 do Duster – que, não por acaso, dá origem à dupla Logan e Sandero.

Por aí já se aventa que a próxima geração do Sandero será inspirada justamente neste Clio. Agora só nos resta torcer e sonhar…

Continua após a publicidade
Publicidade