Clique e assine com até 75% de desconto

Novo Nissan Sentra chegará ao Brasil até 2021

Além do sedã médio, marca também prevê o lançamento de Kicks E-Power e nova geração do March

Por Gabriel Aguiar, de Aguascalientes (México) 16 jan 2020, 08h53
Nova geração do Sentra tem faróis full led nas versões mais caras Divulgação/Nissan

Se o Nissan Kicks é, hoje, o principal destaque da marca no Brasil, para os próximos anos a promessa é de que cheguem outras novidades – inclusive com a nova geração do Sentra.

O fabricante anunciou que haverá 12 lançamentos para a América Latina até 2023, mas não revelou quais virão ao nosso mercado. A previsão é de que o novo Sentra chegue até 2021.

Sedã médio acaba de ser apresentado nos Estados Unidos Divulgação/Nissan

“O Sentra acabou de chegar aos EUA e ainda não dá para confirmar as datas. Mas, ao longo deste ano, ele deverá chegar aos demais mercados da região”, Luis Alberto Pérez, diretor de marketing para América Latina.

Interior do sedã está mais refinado Divulgação/Nissan

Também fazem parte da renovação o novo Versa, que chegará às lojas no mês de junho, o substituto do March e o Kicks com motor E-Power – ambos ainda sem datas para o Brasil.

Sistema e-Power estreaou no hatch Note, no Japão, e usa motor a gasolina apenas para gerar energia para um elétrico Ivan Carneiro/Quatro Rodas

“Atualmente, só o Japão tem o Note E-Power. Queremos esse motor para a América Latina como parte do plano de eletrificação. Mas nem mesmo no México, que é um mercado bem maduro para a marca, essa opção está disponível”, diz Pérez.

  • Não faz parte dos 12 modelos o V-Drive, como será chamado o Versa atual após a chegada do “substituto”. Segundo o executivo, apenas carros totalmente novos estão no plano.

    Continua após a publicidade
    Publicidade