Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Novo Citroën C3 e mais: Stellantis promete outros 15 lançamentos até 2025

Em visita ao Brasil para marcar o início da produção do novo C3 nacional, o CEO da Stellantis, Carlos Tavares, reforçou os próximos passos do grupo

Por Henrique Rodriguez 18 mar 2022, 17h26

O novo Citroën C3 nacional teve sua produção iniciada nesta semana em Porto Real (RJ), em evento que teve a presença do CEO da Stellantis, Carlos Tavares, e de diretores globais da empresa. Agora um hatch aventureiro, o C3 é o primeiro carro de uma família de três modelos, a C-Cubed.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Este é o primeiro lançamento da Citroën desde a formação da Stellantis e, também por isso, é o primeiro carro a demonstrar na prática a sinergia entre as empresas do grupo. Tanto, que usará os motores 1.0 e 1.3 Firefly da Fiat, além do 1.6 EC5 de 120 cv de origem francesa. O lançamento é esperado para abril.

Mas Tavares aproveitou a estadia no Brasil para confirmar que a Stellantis ainda tem outros 15 lançamentos na América do Sul previstos até 2025. Isso, considerando modelos inéditos das marcas Citroën, Fiat, Jeep, Peugeot, Ram e Abarth. Ainda há 28 reestilizações e 7 elétricos ou híbridos contabilizados à parte na lista de novidades.

Novo-Citroen-C3-2023
Divulgação/Citroën

Recentemente, Carlos Tavares apresentou o plano de estratégias da Stellantis até 2030. Entre seus objetivos está deter 25% das vendas de automóveis na América Latina e 20% das vendas de elétricos e híbridos, liderando o mercado nas duas situações.

Continua após a publicidade

Compartilhe essa matéria via:

Há alguns pilares importantes nesse futuro não tão distante. A empresa promete o lançamento de picapes (como a Peugeot Landtrek e a Ram 1200/Dakota) e há a sinalização de uma aposta nos híbridos flex.

Peugeot Landtrek
Peugeot Landtrek Divulgação/Peugeot

Para Tavares, o etanol torna  a propulsão limpa acessível a faixas maiores de consumidores. Ele avalia que a tecnologia elétrica ainda tem um custo elevado, e que tende a cair primeiro nos Estados Unidos, China e Europa, viabilizando a expansão em outros mercados, como a América Latina.

 

“A América do Sul é uma região estratégica para o grupo e tem-se comportado de modo exemplar nos planos operacional, de resultados e de compreensão das estratégias”, afirmou o executivo.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês