Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Nova geração: Honda HR-V 2021 já roda em testes no Japão

Segunda geração do SUV deve ganhar soluções de novo Fit, com motores mais eficientes e mais tecnologia

Por Thiago Silva, Igor Macario Atualizado em 15 set 2020, 01h17 - Publicado em 14 set 2020, 17h07
Novo HR-V terá linhas mais esportivas Internet/Reprodução

Depois de renovar o Fit, a Honda aparenta estar próxima de mostrar a segunda geração do HR-V, irmão de plataforma do simpático monovolume. E a Honda parece estar bem adiantada no desenvolvimento do modelo, que teve uma unidade flagrada em testes no Japão, onde é vendido como Vezel.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Apesar da camuflagem, a nova geração do HR-V parece praticamente pronta. O modelo deverá manter o jeitão mais esportivo do modelo conhecido, mas ficará ligeiramente maior e ganhará um banho de tecnologia, principalmente na cabine. As imagens surgiram num fórum japonês.

  • Ainda assim, manterá características conhecidas, como as maçanetas das portas traseiras embutidas na coluna, aspecto também visível no protótipo flagrado. A dianteira deve ganhar uma grade ampla, e os faróis ficam mais afilados e ainda mais horizontais. Curiosamente, a frente lembra a do Hyundai Tucson, ainda que a semelhança possa ser culpa da camuflagem.

    Internet/Reprodução

    Como no Fit, o novo HR-V deverá adotar motores mais eficientes, com propulsores turbinados para toda a gama e versões híbridas. A Honda vem sendo reticente em fazer versões totalmente elétricas de seus carros, a despeito da tendência mundial dos últimos lançamentos, e é possível que o HR-V também ainda não tenha uma versão somente a bateria.

    Continua após a publicidade
    Internet/Reprodução

    Por dentro, o HR-V deverá herdar as soluções de cabine do novo Fit, sendo também prático e espaçoso. Além disso, é esperado que a segunda geração do modelo receba sistemas de auxílio à condução, como controle de cruzeiro adaptativo e frenagem automática, não disponíveis no modelo atual.

    K-Design/Reprodução

    Ainda não há previsão para o lançamento global do novo carro, mas a julgar pelo avançado estágio da unidade flagrada, devemos estar perto de ver o carro definitivo. Possivelmente ao longo de 2021. Para o Brasil, no entanto, ele ainda deve demorar a aparecer.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital. 

    Continua após a publicidade
    Publicidade