Clique e assine por apenas 5,90/mês

Nova Ferrari Portofino M tem mesmo motor da Roma e câmbio de oito marchas

Conversível italiano ganhou 20 cv no motor V8 biturbo e câmbio automático de oito marchas, além do visual mais agressivo

Por Gabriel Monteiro - Atualizado em 17 set 2020, 21h29 - Publicado em 18 set 2020, 07h00
Ferrari Portofino M
Divulgação/Ferrari

A Ferrari anunciou atualização para seu esportivo de entrada. O Portofino M representa a evolução do Portofino GT e vai além de uma leve reestilização: também passou por ajustes mecânicos e ganhou potência.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Na mecânica a grande atração é a estreia do câmbio automático de dupla embreagem com oito marchas.

Ferrari Portofino M
Divulgação/Ferrari

O motor foi mantido o mesmo, um V8 3.9 biturbo, mas a troca da transmissão permitiu um ganho de 20cv, totalizando 620cv e 77.5 kgfm de torque máximo.

As mudanças aproximaram o modelo da irmã mais cara, a Ferrari Roma, que tem o mesmo conjunto mecânico e serviu de base para as renovações da Portofino M. A propósito, “M” de “Modificatta”, indicando as mudanças estéticas e o discreto melhoramento mecânico.

Continua após a publicidade

Do lado de fora, as mudanças deram ao modelo visual mais agressivo. Na dianteira, o para-choque foi substituído: ganhou entradas de ar maiores e a grade foi renovada ganhando novas lâminas de alumínio.

O novo sistema de exaustão permitiu à fabricante remover o silenciador de escape e compactar a traseira da Portofino.

Ferrari Portofino M
Divulgação/Ferrari

No interior, nada de novo, além de novas cores e materiais disponíveis, a cabine é exatamente igual à versão GT, exceto pelo novo Manettino de cinco posições, que adiciona o modo de condução “Race” ao esportivo.

Alguns acessórios opcionais, porém, foram disponibilizados pela Ferrari. Aquecimento dos bancos, alertas de ponto-cego e outros compõem essa lista.

Ferrari Portofino M
Divulgação/Ferrari

Apesar de já estar disponível para encomenda, o modelo só começará a ser entregue no segundo semestre de 2021. Os preços partem dos 206.000 euros, cerca de 1,3 milhão de reais na conversão direta. 

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas

Quatro Rodas 737 60 anos
Clique e Assine
Continua após a publicidade
Publicidade