Mopar mostra sua seleção de Dodge e Chrysler preparados para o SEMA

Marca apresentará de esportivos modificados a vans de apoio para esportes radicais - incluíndo modelos da Fiat

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

Customizadora oficial do Grupo FCA (que inclui Fiat, Dodge, Chrysler, Jeep e Ram), a Mopar revelou suas atrações para o SEMA Show, que ocorre nessa semana em Las Vegas. Mesclando peças de personalização já disponíveis para venda, lançamentos e partes conceituais, a marca tem como objetivo mostrar seu potencial de customização em variados segmentos de veículos.

Dodge Challenger GT AWD Concept

mp015_040dgoh6evf4140327bnn3fj7mut8pi.jpeg mp015_040dgoh6evf4140327bnn3fj7mut8pi.jpeg

mp015_040dgoh6evf4140327bnn3fj7mut8pi.jpeg (/)

O lendário muscle car da Dodge ganhou modificações suficientes para se tornar um conceito. Entre elas, uma se destaca: tradicionalmente equipado com tração traseira, o modelo adotou tração integral. Aos puristas que já esboçaram certo desespero, um lembrete: é apenas um conceito. Ainda na mecânica, a Mopar promoveu o aumento de 75 cv e 6,1 mkgf ao motor V8 5.7 HEMI, resultando em 450 cv de potência e 62,7 mkgf de torque.

No visual, o Challenger adotou um body kit da Mopar, também conceitual, incluindo as belas rodas de 20 polegadas pintadas em preto fosco. As novas saídas de escape, por sua vez, são produzidas em série. Faixas na cor laranja se destacam entre o contraste da pintura prata e preta da carroceria do cupê.

Dodge Charger Deep Stage 3

mp015_044dgjb9nr411ahppj4sqma6tfns8fi.jpeg mp015_044dgjb9nr411ahppj4sqma6tfns8fi.jpeg

mp015_044dgjb9nr411ahppj4sqma6tfns8fi.jpeg (/)

Como o nome sugere, o Charger passou por três estágios de preparação nas mãos da Mopar. Foram revistos os sistemas de escape, filtragem de óleo e válvulas, além da inclusão de um novo coletor de ar frio. As alterações fizeram com que o motor V8 5.7 HEMI passasse a entregar 450 cv de potência e 62,7 mkgf.

mp015_045dgpk52hne2f3e5e5ccuj8jvp7u5a.jpeg mp015_045dgpk52hne2f3e5e5ccuj8jvp7u5a.jpeg

mp015_045dgpk52hne2f3e5e5ccuj8jvp7u5a.jpeg (/)

Por fora, o body kit do modelo mescla elementos conceituais e de produção, destacando a pintura da carroceria em dois tons (com frisos e o logo R/T em azul) e as grandes rodas de 22 polegadas com acabamento fosco.

Dodge Dart GLH Concept

mp015_047dgqupdccql86vgmoj4rcb17dnp08.jpeg mp015_047dgqupdccql86vgmoj4rcb17dnp08.jpeg

mp015_047dgqupdccql86vgmoj4rcb17dnp08.jpeg (/)

O nome não é e nem faz questão de ser gentil. A sigla GLH é uma abreviação para “goes like hell” (em tradução livre para o português, “vai como o inferno”). Sem dados de desempenho divulgados até o momento, o sedã compacto da Dodge aposta em agressividade visual.

mp015_048dgpp6q3evgqqv4vbm7odaokrjh8d.jpeg mp015_048dgpp6q3evgqqv4vbm7odaokrjh8d.jpeg

mp015_048dgpp6q3evgqqv4vbm7odaokrjh8d.jpeg (/)

Todo pintado em preto, o modelo adotou um novo capô de alumínio da Mopar, além de um body kit (de produção) da marca. Um friso vermelho percorre toda a base da carroceria. As rodas, também pretas, são de 18 polegadas e deixam à mostra os novos freios de alto desempenho.

Chrysler 300 Super S

mp015_007chc12cin087u7d94mvto8j39lru4.jpeg mp015_007chc12cin087u7d94mvto8j39lru4.jpeg

mp015_007chc12cin087u7d94mvto8j39lru4.jpeg (/)

A teoria das cores, que aponta o azul como uma cor fria, indicada para momentos de calma, não se aplica a este Chrysler 300. Graças aos três estágios de preparação da Mopar, o sedã ganhou as mesmas características dos Challenger e Charger anteriores. São 450 cv de potência e 62,7 mkgf de torque extraídos do motor V8 5.7 HEMI. Para compensar, os freios foram redimensionados.

mp015_008chffo4nvpp6ifbsvhkp3du7guscc.jpeg mp015_008chffo4nvpp6ifbsvhkp3du7guscc.jpeg

mp015_008chffo4nvpp6ifbsvhkp3du7guscc.jpeg (/)

A pintura da carroceria em azul fosco contrasta com as rodas, pretas e de 22 polegadas. A grade dianteira é conceitual e esconde, segundo a FCA, um “easter egg”. Com acabamento preto brilhante, a peça é formada por diminutos logotipos da Mopar (um “M” estilizado).

Chrysler 200 S Mopar

mp015_005cheu15sqj4rvj6416g021abvvlve.jpeg mp015_005cheu15sqj4rvj6416g021abvvlve.jpeg

mp015_005cheu15sqj4rvj6416g021abvvlve.jpeg (/)

O sedã médio ainda não teve seus dados de desempenho divulgados, mas já se sabe que sua motorização V6 Pentastar ficou mais potente com os novos coletor de ar frio e sistema de escape. O conjunto de suspensão, já à venda, promete deixar o 200 S ainda mais preso ao chão, enquanto os freios são ainda mais eficientes.

mp015_006chktrmp0e4dn6b2on7jepr4n4iml.jpeg mp015_006chktrmp0e4dn6b2on7jepr4n4iml.jpeg

mp015_006chktrmp0e4dn6b2on7jepr4n4iml.jpeg (/)

Equipado com um kit visual de produção em série da Mopar, o modelo é pintado em cinza brilhante, promovendo o contraste com as rodas de 19 polegadas pretas com acabamento fosco. Atrás, as saídas de escape ainda são conceituais e não estão disponíveis no mercado de peças da marca.

Fiat 500X Chicane

mp015_002ftv8frph8891jlhguurb6vc2h9a.jpeg mp015_002ftv8frph8891jlhguurb6vc2h9a.jpeg

mp015_002ftv8frph8891jlhguurb6vc2h9a.jpeg (/)

A Mopar provou que minivans e utilitários também podem ser personalizados. Recheado de elementos estéticos e aerodinâmicos, o crossover adota um visual chamativo pelo tom de azul da carroceria que destaca as rodas, pretas, de 20 polegadas e acabamento fosco, enquanto faróis e lanternas são escurecidos.

mp015_003ftckr9id9ftbuh813a9pl4rc9513.jpeg mp015_003ftckr9id9ftbuh813a9pl4rc9513.jpeg

mp015_003ftckr9id9ftbuh813a9pl4rc9513.jpeg (/)

Equipado com motor 2.4 Tigershark MultiAir2, o 500X Chicane passa a entregar mais potência – não divulgada – que os 180 cv originais graças ao um sistema conceitual de escape. A transmissão é a padrão, automática de nove marchas.

Fiat 500X Mobe

mp015_005ftpbdqiujt15pho3qcqbdmjf7hud.jpeg mp015_005ftpbdqiujt15pho3qcqbdmjf7hud.jpeg

mp015_005ftpbdqiujt15pho3qcqbdmjf7hud.jpeg (/)

Uma espécie de surfe impulsionado por um paraquedas, o kitsurfe foi a inspiração da Mopar ao criar o 500X Mobe. As referências estão por fora e por dentro do modelo: um rack no teto serve para carregar pranchas, enquanto um adesivo no painel ilustra a prática do esporte. No exterior, as faixas no conceitual Azul Mopar contrastam com a pintura branca perolizada da carroceria. As rodas, com produção em série, são de 18 polegadas.

mp015_006fth4em11cpc2su7mp3oq1abe8712.jpeg mp015_006fth4em11cpc2su7mp3oq1abe8712.jpeg

mp015_006fth4em11cpc2su7mp3oq1abe8712.jpeg (/)

Na mecânica, o modelo adota as mesmas modificações do 500X Chicane. Um novo sistema conceitual de escape deixa o motor 2.4 Tigershark MultiAir2 mais potente. A marca não divulgou, no entanto, os números atuais.

RAM Rebel X

mp015_013rm7o7kcg0r756iqdrlsb1ufca4aq.jpeg mp015_013rm7o7kcg0r756iqdrlsb1ufca4aq.jpeg

mp015_013rm7o7kcg0r756iqdrlsb1ufca4aq.jpeg (/)

Mais um caso em que o nome do modelo é autoexplicativo. A RAM Rebel X (“rebel” que, em tradução livre para o português, significa “rebelde”) tem a intenção de mostrar que não tem limitações. Dotada do V8 5.7 HEMI que equipa os Dodge Charger e Challenger, a picape recebeu reprogramações e alterações que aumentaram sua potência. A marca não revelou, contudo, os novos números. A suspensão a ar também ainda está em estágio de protótipo.

mp015_014rm9n2p37njam4necpsrds103c8o4.jpeg mp015_014rm9n2p37njam4necpsrds103c8o4.jpeg

mp015_014rm9n2p37njam4necpsrds103c8o4.jpeg (/)

Seguindo a mecânica, o design do modelo é extremamente agressivo. A dianteira adota uma grade (comercializada em série) com o nome RAM em destaque, a traseira tem duas novas (e grandes) saídas de escape e as rodas são de 17 polegadas com pneus de 35 polegadas.

RAM ProMaster City DiveMaster

mp015_004rmhq1fq8ljakfgauts79kg8mvo8e.jpeg mp015_004rmhq1fq8ljakfgauts79kg8mvo8e.jpeg

mp015_004rmhq1fq8ljakfgauts79kg8mvo8e.jpeg (/)

Não só de picapes vive a atual marca RAM e também não só de esportivos vive a Mopar. O ProMaster City, versão “americanizada” do conhecido Fiat Doblò, passou por uma customização inspirada nos oceanos – tema estendido para as variantes de azul utilizadas na carroceria da van.

mp015_007rmcmubl59rkkpabi2tmqp59a3g55.jpeg mp015_007rmcmubl59rkkpabi2tmqp59a3g55.jpeg

mp015_007rmcmubl59rkkpabi2tmqp59a3g55.jpeg (/)

Entretanto, além do visual e do apelo esportivo, o modelo é voltado à prática de mergulhos. O espaço traseiro para cargas é carregado com todos os equipamentos necessários para mergulhadores, como cilindros de ar, pés-de-pato e roupas específicas.

RAM ProMaster DragMaster

mp015_009rmh4294i1fd89bc1n9i1bjo3hodq.jpeg mp015_009rmh4294i1fd89bc1n9i1bjo3hodq.jpeg

mp015_009rmh4294i1fd89bc1n9i1bjo3hodq.jpeg (/)

Quem disse que carros de apoio precisam ser feios ou sem graça? Contrariando essa teoria, a Mopar apresentará o ProMaster DragMaster. Por dentro, a van oferece todos os recursos necessários para apoiar os pilotos de uma competição, além de armazenar ferramentas e peças de reposição. Do lado de fora, o modelo serve ainda de reboque. Na apresentação, um Challenger acompanhará a van, seguindo a temática visual que mistura as cores branco e azul típicas da Mopar.

mp015_011rmkvbvtnttenn4epjd9pqd9bbibc.jpeg mp015_011rmkvbvtnttenn4epjd9pqd9bbibc.jpeg

mp015_011rmkvbvtnttenn4epjd9pqd9bbibc.jpeg (/)

LEIA MAIS:

– Passado e presente: um Camaro 1970 com o novo motor V8 LT4 de 650 cavalos

– Ford antecipa versões do Focus e Fiesta para o SEMA Show

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s