Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Mesmo mais baratos, SUVs com câmbio manual se tornam fiasco de vendas

Versões com pedal de embreagem morrem lentamente e representam até 0,36% do total de emplacamentos no ano, dependendo do modelo

Por Gabriel Aguiar
Atualizado em 23 out 2020, 18h29 - Publicado em 23 out 2020, 15h36
VW T-Cross com câmbio manual tem participação mínima nas vendas (Divulgação/Volkswagen)

Talvez você nem lembre disso, mas ainda existem SUV com câmbio manual à venda no Brasil – ainda que (quase) ninguém compre. E, dependendo do modelo, a participação é de apenas 0,36% do total de vendas, como é o caso do VW T-Cross.

Segundo dados da Mobiauto, o utilitário da Volkswagen emplacou 42.031 unidades com câmbio automático até setembro deste ano. Por outro lado, foram comercializados apenas 153 exemplares com pedal de embreagem (que nós já testamos).

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

No caso do Jeep Renegade, líder do segmento, a opção com câmbio manual saiu de linha há quinze meses, quando estrearam as lanternas com iluminação de led. Ainda assim, a versão emplacou 20 unidades neste ano, ou seja, 0,05% do total.

Continua após a publicidade

Por sua vez, o recém-lançado Chevrolet Tracker, as versões automáticas representam 99% do total de vendas (29.269 unidades, contra só 311 do câmbio manual). Vale dizer que a opção manual é R$ 8.400 mais barata que a automática de entrada.

Nissan Kicks básico ainda consegue alguma participação nos emplacamentos (Nissan/Divulgação)

Para Hyundai Creta e Nissan Kicks, o cenário não é tão catastrófico assim – considerando os rivais, é claro: as versões com pedal de embreagem representaram 3,3% (1.012 carros) e 5,9% (1.527), respectivamente, do total de vendas neste ano.

Continua após a publicidade

Entretanto, para os modelos mais baratos, como Caoa Chery Tiggo 2 e Renault Duster, essas configurações com câmbio manual ainda têm boa participação, com 33,1% (1.097 carros) do mix total para o primeiro e 31,2% (3.527 carros) para o segundo.

Chery Tiggo 2
Caoa Chery Tiggo 2 ainda depende das vendas com câmbio manual (divulgação/Chery)

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.