Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Mais urbano, ASX Outdoor ganha câmbio CVT e tração 4×2

Além da tração nas quatro rodas e do câmbio manual, o modelo também deixou de lado o controle de estabilidade; parte de R$ 107.990

Por Guilherme Fontana Atualizado em 23 nov 2016, 20h50 - Publicado em 31 mar 2016, 17h34
Mitsubishi ASX Outdoor
Visualmente, o ASX Outdoor com câmbio CVT e tração 4×2 não muda

O Mitsubishi ASX ganhou uma nova configuração de maior apelo urbano para a versão Outdoor. Antes disponível apenas com câmbio manual e tração 4×4, o utilitário passou a ser oferecido também com transmissão CVT e tração 4×2 por R$ 107.990. 

Visualmente, a nova opção preserva todos os detalhes lameiros da versão Outdoor. Os para-choques têm a base em plástico na cor grafite, mesmo acabamento utilizado na grade dianteira, nos nichos dos faróis de neblina, nas barras do teto, nas maçanetas e nos retrovisores. As rodas (de 17 polegadas calçadas por pneus ATR 255/60) também são pintadas na tonalidade de cinza, enquanto faróis e lanternas ganham lentes escurecidas. A cor laranja da carroceria é exclusiva da versão.

Continua após a publicidade

Mitsubishi ASX Outdoor
De série, o modelo é equipado com piloto automático, ar-condicionado automático e central multimídia com DVD Player

A lista de equipamentos, assim como na configuração topo de linha, é boa. De série, o ASX Outdoor é equipado com ar-condicionado automático, piloto automático, volante multifuncional com ajustes de altura e profundidade e central multimídia com conexão Bluetooth, entradas USB e auxiliar, streaming de áudio e reprodução de DVD. 

A mecânica é o principal destaque da nova opção do ASX Outdoor. Permanece o motor 2.0 16V a gasolina com 160 cv de potência a 6.000 rpm e 20,1 mkgf de torque máximo a 4.200 rpm, enquanto a transmissão passa a ser a automática CVT com seis marchas virtuais — com opção de trocas manuais por aletas atrás do volante. A maior vocação urbana em relação ao câmbio manual da versão mais cara se reforça com a adoção da tração 4×2, deixando de lado a 4×4, e com o abandono do controle de estabilidade e do assistente de partida em ladeiras.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês