Clique e assine por apenas 5,90/mês

Kia Cerato estreia novo design inspirado no Stinger

Sedã tem design mais empolgante, mas ganhou câmbio automático CVT

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 16 jan 2018, 17h09 - Publicado em 16 jan 2018, 16h15
Kia Cerato / forte 2019
Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

Resposta da Kia aos alemães Audi A5 e BMW Série 4 Gran Coupe, o pretensioso Stinger serviu de inspiração para o renovado Kia Cerato. 

Vendido como Forte nos Estados Unidos, o sedã médio apareceu com design menos conservador e importantes melhorias em conforto e equipamentos.

Kia Cerato / forte 2019
Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

Faróis alongados com setas posicionadas logo abaixo em nicho exclusivo e a grande tomada de ar inferior na cor preta marcam a dianteira desta nova geração. Atrás o destaque está nas novas lanternas de leds integradas entre si (como no Sportage) e que também apostam nas setas separadas.

Kia Cerato / forte 2019
Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

O Kia Cerato ainda ficou 8,1 cm mais longo, passando aos 4,64 m de comprimento, mas a fabricante não divulgou novo entre-eixos. O sedã tem 1,44 m de altura (1,3 cm a mais que antes) e mantém a largura de 1,80 m.

Kia Cerato / forte 2019
Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

O interior está completamente diferente, com linhas horizontais e simétricas. O quadro de instrumentos foi inspirado no Stinger, bem como a tela sensível ao toque de 8 polegadas destacada no topo do painel. O aparelho é compatível com Apple CarPlay e o Android Auto.

Continua após a publicidade

A Kia ainda criou uma espécie de prateleira no console central para colocar um sistema de carregamento sem fio para smartphones.

Kia Cerato / forte 2019
Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

 

Entre os equipamentos se destacam o novo sistema de som Harman Kardon de 320 watts,  alerta de colisões, monitor de pontos cegos e o assistente de permanência em faixa. Mas também tem sistema de frenagem autônoma de emergência e piloto automático adaptativo.

Nada de motor 1.6 de 128 cv, como no Brasil. Este novo Cerato recebe um novo 2.0 aspirado com sistema de regeneração de gases e capaz de simular ciclo Atkinson. Gera 149 cv e pode ser combinado com câmbio manual de seis marchas a um câmbio CVT.

O novo Kia Cerato tem início das vendas nos EUA previstas para o final deste ano. Sua vinda ao Brasil provavelmente dependerá dos rumos do programa Rota 2030, a ser definido no mês de fevereiro.

Kia Cerato / forte 2019
Henrique Rodriguez/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade