Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Honda tenta explicar por que o Civic Si terá “só” 208 cv

Esta será a primeira geração do Civic Si com motor turbo. E já está criando polêmica

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 13 abr 2017, 19h07 - Publicado em 13 abr 2017, 19h01
Para-choques ganha aberturas maiores nas laterais
A Honda diz que o baixo peso é o segredo por trás do novo Civic Si (divulgação/Honda)

Para muita gente – entre eles nossos leitores – a nova geração do Honda Civic Si não alcançou a expectativa quanto aos números de potência e torque: seu 1.5 turbo i-VTEC produz 208 cv e 26,6 mkgf, bem abaixo de seus possíveis concorrentes, como o Golf GTI (220 cv e 35,7 mkgf) e o Focus ST (255 cv e 36,7 mkgf). A Honda já começou a dar suas justificativas.

No sedã, aerofólio dá lugar a um spoiler mais discreto
O sedã tem quatro portas, mas é apenas 13 kg mais pesado que o cupê (divulgação/Honda)

Ouvido pelo Autoblog, Davis Adams, representante da Honda nos EUA, disse que a fabricante optou por não usar como ponto de partida o 2.0 do Civic Type-R (com 310 cv e 40,7 mkgf) por uma questão de custo. A engenharia acreditava que poderia tirar mais do 1.5 que já equipa o Civic Touring. Além disso, queria garantir um preço mais acessível para a versão.

Esta é a primeira geração do Civic Si com motor turbo (divulgação/Honda)

O resultado é um motor 1.5 turbo com outro mapa de injeção e maior pressão no turbocompressor. Componentes internos são praticamente os mesmos da versão Touring, topo de linha no Brasil, que por aqui rende 173 cv e 22,4 mkgf.

Outra razão para a menor potência, de acordo com Adams, é que o Civic Si não tem o objetivo de ser uma versão tão mais esportiva que o carro convencional, como ocorre com os GTI e ST. “O Si é criado para ter um sabor diferente, ser mais ágil e preciso.” As afirmações também dão a entender que o japonês será um pouco mais barato que o Golf e o Focus concorrentes.

Interior não economiza nos detalhes vermelhos
Versão Si terá apenas câmbio manual de seis marchas (divulgação/Honda)

Também há a questão do peso. O novo Civic Si é um pouco mais leve que o anterior: são 1.361 kg para o sedã e 1.348 para o cupê. Enquanto isso, o Focus ST pesa 1.461 kg e o Golf GTI tem 1.374 kg.

Continua após a publicidade

O que não se discute é que o tradicional caráter “girador” dos Civic esportivos mudou. O novo motor 1.5 turbo atinge sua potência máxima de 208 cv a 5.700 rpm e seu torque máximo de 26,6 mkgf a apenas 2.100 rpm.

Para efeito de comparação, o antigo 2.4 aspirado produzia 206 cv a 7.000 rpm e 23,9 mkgf a 4.400 rpm. Ou seja: o novo Si deve ter números de desempenho melhores que o anterior. Mas aquela necessidade de ver o ponteiro se aproximando da faixa vermelha já era.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.