Honda apresenta NSX: motor V6, três motores elétricos, 573 cv e 307 km/h

Supercarro terá peso total de 1.725 kg e promete acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

Poucas semanas antes de sua chegada ao mercado americano, a Honda organiza nesse momento a apresentação do novo NSX para jornalistas no Japão. O esportivo tem estilo típico da marca, principalmente na dianteira – embora os carros avaliados ostentassem o emblema da subsidiaria Acura.

acura-nsx-2.jpeg acura-nsx-2.jpeg

acura-nsx-2.jpeg (/)

As especificações oficiais revelam que o supercarro entregará 573 cavalos, produzidos por um conjunto composto por um motor 3.5 V6 biturbo e outros dois motores elétricos, um em cada eixo, resultando em um sistema de tração integral. Com esta configuração, ele será capaz de alcançar a velocidade máxima de 307 km/h. Ainda não foram confirmados dados como o tempo de aceleração de 0 a 100 km/h, a média de consumo de combustível ou o nível de emissão de dióxido de carbono.

acura-nsx-3.jpeg acura-nsx-3.jpeg

acura-nsx-3.jpeg (/)

O peso total é de 1.725 kg, comparável ao de outros superesportivos híbridos como o Porsche 918. A transmissão de nove marchas tem dupla embreagem, e um seletor de modo de direção com quatro modos (Quiet, Sport, Sport+ e Track), modifica as configurações de motor, câmbio e chassi.

acura-nsx-4.jpeg acura-nsx-4.jpeg

acura-nsx-4.jpeg (/)

Depois de nossas Impressões ao Dirigir (que você confere na íntegra na próxima edição de QUATRO RODAS), conversamos com o engenheiro-chefe do projeto NSX, Ted Klaus. Ele afirma que o modelo deve fazer de 0 a 100 km/h em um tempo inferior a 3 segundos. Segundo o engenheiro, mais importante que ser rápido é ter um comportamento equilibrado. Klaus conta que a rigidez torcional da carrocería, por exemplo, é duas a três vezes superior à dos rivais, uma característica que favorece a dirigibilidade. O engenheiro também informa que a suspensão é do tipo duplo A nos dois eixos, com amortecedores inteligentes (magnetoreologicos), e que a divisão de peso entre os eixos fica na proporção de 48% na dianteira e 52% na traseira, ajudando a manter o equilíbrio em frenagens bruscas.

VEJA MAIS– Acura oficializa NSX; modelo pode vir ao Brasil Galeria do novo Acura NSX

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s