Guia de usados: que tal um Chevrolet Camaro pelo preço de um Corolla?

Imbatível na relação custo/cilindrada, o muscle car da GM é o brinquedo certo para queimar gasolina e pneus pelo preço de um sedã médio novo

O Camaro vai de 0 a 100 km/h em 5,6 s e custa o mesmo que um Corolla

O Camaro vai de 0 a 100 km/h em 5,6 s e custa o mesmo que um Corolla (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Símbolo de status, o Chevrolet Camaro de quinta geração chegou ao Brasil em 2010 por importação oficial da GM. Imbatível na relação custo/cilindrada, fez a alegria de todos que apreciam os V8 americanos. A única versão era a SS, com seu motorzão de 6,2 litros, 55,6 mkgf de torque e 406 cv.

Adequado às limitações do século 21, este V8 desliga metade dos cilindros em situações de carga baixa, resultando em um consumo relativamente baixo: 6,2 km/l na cidade e 9,8 na estrada no nosso teste.

O câmbio automático sequencial de seis velocidades transmite toda essa força para as rodas traseiras, deslocando os 1.790 kg do Camaro com grande facilidade: vai de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos (em primeira marcha) e tem velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/h.

Um desempenho notável para um cupê que mede 4,83 metros. Para conter tamanha massa, há controles de estabilidade e de tração e freios a disco ventilado com pinças Brembo em enormes rodas de 20 polegadas.

O ronco do motor V8 é música para os ouvidos do seu dono

O ronco do motor V8 é música para os ouvidos do seu dono (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Mesmo com a suspensão macia, ele é bom de curva: a plataforma Zeta tem reações rápidas para o seu tamanho e um comportamento dinâmico previsível e obediente. Mérito da suspensão independente (McPherson na frente e multilink atrás).

Os bancos dianteiros acomodam muito bem dois ocupantes, mas a vocação familiar do Camaro é restrita: como quase todo cupê 2+2, o banco traseiro é próprio só para crianças pequenas e o porta-malas é limitado (320 litros).

Outros detalhes que agradam são o head up display (HDU), computador de bordo e rádio com disqueteira para seis discos, MP3 player, entrada USB, Bluetooth e nove alto-falantes.

Espaço traseiro é limitado e porta-malas só tem 320 litros

Espaço traseiro é limitado e porta-malas só tem 320 litros (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Além de leves retoques, o modelo 2014 recebeu a central multimídia MyLink com tela de 7 polegadas, comandos por voz, câmera de ré integrada e interface para smartphones.

Mesmo sendo um brinquedo, é fácil encontrar um Camaro em bom estado: está amparado pela mão de obra qualificada da rede autorizada e desfruta de boa reputação nas oficinas independentes, em parte devido à grande oferta de peças – originais ou paralelas. O preço é outro atrativo: um 2011 custa abaixo de R$ 120.000, o mesmo que um sedã médio novo.

Por mais baixo que seja o valor, tenha cuidado com os veículos de importação independente: o modelo 2011 da versão LT com V6 3.6 tem problemas crônicos na corrente de acionamento dos comandos de válvulas e pouca oferta de peças, o que dificulta bastante a manutenção.

Motorzão de 6,2 litros rende 406 cv

Motorzão de 6,2 litros rende 406 cv (Marco de Bari/Quatro Rodas)

ONDE O BICHO PEGA

MOTOR O sistema Active Fuel Management (AFM) controla o desligamento automático dos cilindros e pode apresentar problemas na válvula solenoide ou nos tuchos hidráulicos. Em casos extremos o sistema é desativado por uma reprogramação do sistema de gerenciamento do motor.

CÂMBIO Robusta, a caixa automática 6L80 pode apresentar funcionamento irregular, com trancos ou retenções desnecessárias. O problema é geralmente causado por fluido de transmissão velho, que danifica
o câmbio devido ao superaquecimento.

FREIOS Problema comum a todo carro automático pesado de bom desempenho é o desgaste acentuado dos freios. Verifique se o sistema está em ordem, pois uma revisão completa com discos e pastilhas novos pode chegar perto dos R$ 10.000.

SUSPENSÃO O Camaro exige demais de itens como buchas e batentes. Cheque o estado geral da suspensão: se o diagnóstico não for positivo, negocie
um desconto de no mínimo R$ 15.000.

AIRBAG Luz acesa após a manutenção ou o alinhamento da direção é sintoma de mal contato no chicote do airbag. O modelo 2012 foi alvo de recall nesse item.

RECALLS Foram três ao todo, dos modelos 2011 a 2014, afetando chave de ignição, banco dianteiro e chicote do airbag.

A VOZ DO DONO

Nome: Fernando Gianfrancesco
Idade: 38 anos
Profissão: empresário
Cidade: Tatuí (SP)

O que eu adoro: “Sua dirigibilidade é perfeita: doses generosas de torque e potência aliadas a uma estabilidade irrepreensível. O consumo é baixo para um V8 de alta cilindrada e a visão periférica é excelente.”

O que eu odeio: “Não é possível desligar totalmente os controles eletrônicos de tração e estabilidade, o que compromete boa parte da diversão. O sistema elétrico também é frágil e sujeito a panes diversas.”

PREÇO MÉDIO DOS USADOS (TABELA FIPE)

Modelo 2011 2012 2013 2014 2015
Camaro SS V8 6.2 R$ 119.738 R$ 125.297 R$ 133.585 R$ 153.503 R$ 163.748

PREÇO DAS PEÇAS 

Peças Original Paralelo
Para-choque (dianteiro) R$ 9.596 R$ 2.800
Farol completo (cada um) R$ 4.820 R$ 1.204
Pastilhas de freio (par dianteiro) R$ 2.855 R$ 1.200
Disco de freio (par dianteiro) R$ 228 R$ 130
Amortecedores (os quatro) R$ 12.294 R$ 2.320
Reportagem em 2009 comparou os dois modelos

Reportagem em 2009 comparou os dois modelos (Marco de Bari/Quatro Rodas)

NÓS DISSEMOS

Novembro de 2010 “O motor escolhido para a versão SS, a oferecida no Brasil, foi o V8 (L99) de 406 cv. Ele veio do Corvette, acompanhado do câmbio automático de seis marchas. Na pista, esse casamento pareceu harmonioso, uma vez que o Camaro andou bem sem beber demais. O tempo de 0 a 100 km/h foi de 5,6 s.”

PENSE TAMBÉM EM UM…

Ford Mustang 5º geração (2005-14) Eterno rival do Camaro, este Mustang só chegou ao Brasil via importação independente. O mais procurado é o GT, com seu V8 4.6 de 300 cv. Só fica atrás do Shelby GT500, que traz um V8 5.4 sobrealimentado para render 500 cv. Sua principal desvantagem frente ao Camaro é o arcaico e pesado eixo traseiro rígido.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s