Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

GT350 “Ole Yeller”: o Mustang legalizado mais pronto para a pista da história

Inspirado no caça P-51 Mustang, cupê traz motor V8 5.2 aspirado de 533 cv e várias modificações visuais e mecânicas

Por Diego Dias Atualizado em 23 nov 2016, 21h26 - Publicado em 29 jul 2016, 20h54
Mustang GT350 Ole Yeller
Mustang GT350 Ole Yeller traz as mesmas cores do avião P-51D

Uma das inspirações para o batismo do esportivo da Ford, o P-51 Mustang foi o mais vitorioso avião de caça americano da Segunda Guerra. Agora chegou a vez da homenagem no sentido oposto: o novo Mustang GT350 “Ole Yeller”, inspirado em um exemplar de P-51 que fez história nos EUA ao participar de shows e corridas aéreas por mais de 20 anos.

LEIA MAIS:

>> Ford Mustang GT: O puro-sangue que ainda sonhamos em ver no Brasil

>> Hennessey celebra seus 25 anos com Mustang de 815 cv

>> Mustang Ecoboost bate recorde ao rodar 1.200 km sem reabastecer

>> Os segredos dos roncos dos motores

Continua após a publicidade

O modelo foi construído exclusivamente para um leilão beneficente da EAA (Associação de Aviões Experimentais), nos Estados Unidos, cujo objetivo é arrecadar fundos para projetos educacionais e formação de pilotos de aviões. O visual traz pintura amarela e preta semelhante à do caça, bem como os badges com a inscrição da versão e detalhes em verde, como as capas dos espelhos retrovisores, a enorme asa traseira, logotipos, e até a capa das pinças de freio.

Mustang GT350 Ole Yeller
Modelo traz a controversa iluminação em led sob o veículo

Os para-choques com desenho mais agressivo e os spliters são de fibra de carbono, material também usado nas saias laterais e grade dianteira. Há ainda iluminação verde em led (de gosto discutível) debaixo e no interior do carro – que conta com bancos Recaro, soleiras e tapetes com logotipos alusivos à série.

Montado com base na mecânica do Mustang GT350, a edição “Ole Yeller” traz um V8 5.2 de 533 cv a 7.500 rpm e 59,3 mkgf de torque máximo a 4.750 rpm, sempre atrelado a um câmbio manual Tremec de seis marchas. Suspensão e freios sofreram diversas modificações focadas para a pista, como a redução do peso não-suspenso, amortecedores auto-ajustáveis do tipo MagneticRide, enormes freios Brembo e pneus MIchelin Pilot Super Sport feitos especialmente para o modelo.

Tudo isso o torna (segundo os americanos) o Mustang legalizado para as ruas mais pronto para corridas da história!

Novo motor V8 5.2 do Ford Mustang GT350
Novo motor V8 5.2 do Ford Mustang GT350

Ao contrário do que se pode imaginar, o V8 5.2 nada tem a ver com o V8 5.0 usado em outras versões do Mustang. Com apetite incomum por giros altos, o novo V8 é construído num bloco de alumínio (quase seis quilos mais leve que o cojunto 5.0) descartando tecnologias comuns a esportivos de hoje, como sistema de injeção direta ou sobrealimentação. No entanto, a preferência por um sistema mais purista, naturalmente aspirado, não fez o Mustang GT350 menos potente: com 103 cavalos por litro, trata-se da maior potência específica de um motor aspirado já feito pela Ford.

 

Continua após a publicidade

Publicidade