GM quer abrir 400 lojas na China em 2013

Empresa almeja crescer mais de 8% no ano

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

General Motors pretende inaugurar 400 concessionárias na China apenas em 2013, na tentativa de seguir crescendo mais rápido do que a média do mercado chinês.

Se a construção das novas revendas realmente acontecer, o número de pontos de venda da GM deve subir dos atuais 3.800 para 4.200, segundo disse Bob Socia, presidente da GM China. Atualmente, o grupo e suas joint-ventures comercializam as marcas Buick, Chevrolet, Cadillac, Opel, Baojun e Wuling.

Quanto ao mercado chinês, a previsão é que as vendas de automóveis de passeio cresçam entre 5% e 8% neste ano, chegando a 21 milhões de unidades comercializadas em 2013. Apenas para comparação, as montadoras venderam 19,4 milhões de veículos no ano passado. A estimativa é que, em 2020, o mercado chinês atinja a marca de 30 milhões de unidades.

Socia afirmou que a GM pretende crescer em um ritmo mais rápido do que o mercado chinês em 2013. Para tanto, a marca investirá tanto nas vendas internas quanto nas exportações. A empresa vendeu quase 2,84 milhões de automóveis e comerciais leves em 2012, registrando um crescimento de 11,3% em relação a 2011.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s