Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

GM enfrenta processo de US$ 10 bilhões nos Estados Unidos

Série de recalls afetaram preços dos veículos usados

Por Cadu Tupy Atualizado em 9 nov 2016, 14h06 - Publicado em 16 out 2014, 11h50
mercado

A General Motors está sendo processada, nos Estados Unidos, em US$ 10 bilhões por causa dos inúmeros recalls feitos este ano e que afetaram os preços dos seus carros usados. Ao todo, até o momento, mais de 27 milhões de veículos foram convocados para reparos em 74 ações diferentes desde a revelação do caso das chaves na ignição que desligavam os carros sozinhas e que causaram, pelo menos, 27 mortes.

O processo busca representar todas as pessoas que compraram ou fizeram leasing de algum veículo da marca envolvido em recall entre julho de 2009 e julho de 2014 e que ainda possui o carro, ou se desfez dele depois do meio de fevereiro deste ano quando os recalls começaram, ou mesmo acabaram envolvidos em um acidente que destruiu o veículo no mesmo período de tempo.

De acordo com a reclamação que está tramitando na Corte Distrital dos Estados Unidos em Manhattan, Nova York, contra a GM, a montadora está sendo acusada de causar a queda dos preços dos veículos por esconder, ao menos, 60 graves falhas em mais de 27 milhões de carros vendidos nos Estados Unidos. Como exemplo, o Camaro 2010-2011 perdeu cerca de US$ 2 mil em valor de revenda por causa do recall.

Continua após a publicidade

Publicidade