Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

França pretende acabar com carros a diesel

Governo diz que apostar no combustível foi um erro

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 14h12 - Publicado em 1 dez 2014, 13h17
impressoes

A França pretende eliminar gradualmente o uso de diesel em automóveis de passeio, além de instaurar um sistema para identificar os veículos mais poluentes.

As informações foram reveladas pelo primeiro-ministro francês, Manuel Valls. Segundo a agência de notícias Reuters, o governo acredita que as medidas podem limitar o acesso de veículos poluentes ao centro da cidade.

“Na França, favorecemos há muito tempo o motor a diesel. Foi um erro e vamos desfazer isso progressivamente, de forma inteligente e pragmática”, disse Valls. Atualmente, cerca de 80% de toda a frota francesa é composta por veículos movidos a diesel.

A ministra da Energia, Ségolène Royal, já havia anunciado no começo do ano que os motoristas que comprarem veículos elétricos em vez de diesel receberão um bônus de até 10 mil euros. Além disso, o governo elevará o imposto especial sobre o consumo do diesel em dois centavos de euro por litro, arrecadando 807 milhões de euros aos cofres públicos em 2015.

De acordo com Valls, as autoridades estudam ampliar o número de beneficiados pelo subsídio concedido àqueles que converterem antigos motores a diesel em áreas com projetos de combate à poluição.

Continua após a publicidade
Publicidade