Ford Ranger ganha motor de Mustang nos Estados Unidos

Picape será mais potente e terá maior capacidade de reboque, mas capacidade de carga é menor que a da brasileira

Ford Ranger Ranger norte-americana tem design com elementos exclusivos

Ranger norte-americana tem design com elementos exclusivos (Divulgação/Ford)

A Ford voltará a vender a Ranger nos Estados Unidos após um hiato de sete anos. Por lá, a picape média terá design exclusivo e mecânica completamente diferente daquela oferecida no resto do mundo.

Em vez dos 2.5 flex (173 cv) e dos 2.2 (160 cv) e 3.2 diesel (200 cv) oferecidos no Brasil, nos EUA a Ranger terá o motor 2.3 EcoBoost, com turbo e injeção direta, que gera 273 cv e 42,8 kgfm de torque, combinado ao câmbio automático de 10 marchas.

Se o motor é o mesmo do Ford Mustang de entrada, o câmbio vem das versões V8 do esportivo e também no rival Chevrolet Camaro.

Ford Ranger De lado parece a mesma Ranger que temos no Brasil

De lado parece a mesma Ranger que temos no Brasil (Divulgação/Ford)

O motor forte e o câmbio com mais marchas ajudaram a picape a chegar à capacidade de reboque de 3.400 kg. A Ranger 3.2 vendida no Brasil consegue rebocar 2.680 kg, enquanto a 2.5 flex fica pelos 1.700 kg.

Por outro lado, a versão norte-americana leva menos carga na caçamba: 843 kg, quando a 3.2 leva 1.009 kg e a 2.5 leva 1.255 kg. 

Ford Ranger Traseira ganhou tampa com nome “Ranger” em relevo

Traseira ganhou tampa com nome “Ranger” em relevo (Divulgação/Ford)

As Ranger vendidas nos EUA serão fabricadas lá mesmo e não na Argentina ou Tailândia. Por isso, também tem design exclusivo. Faróis, lanternas e grade tem estilo próprio.

Faróis tem luzes diurnas de led, as lanternas tem iluminação ao estilo das F-150 e a grade pode mudar de acordo com a versão, com duas barras horizontais ou fundo de colméia.

O para-choque frontal ainda tem parte inferior independente e mais larga, de forma a ficar alinhado com as molduras das caixas de roda, onde estão as luzes de posição laranjas obrigatórias para os carros vendidos nos EUA.
Ford Ranger Interior tem apenas detalhes diferentes em relação a Ranger que temos no Brasil

Interior tem apenas detalhes diferentes em relação a Ranger que temos no Brasil (Divulgação/Ford)

Atrás, a tampa da caçamba é diferente, com “Ranger” em relevo na chapa. Já o interior se difere apenas por alguns detalhes de acabamento, de acordo com a versão. 

Não há qualquer previsão para que o motor ou o design da Ranger norte-americana chegue ao Brasil.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s