Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ford explica como imprime partes em 3D para seus protótipos

Volante esportivo do novo GT foi criado em poucas horas

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h43 - Publicado em 19 out 2015, 12h19
tecnologia

A Ford disponibilizou um vídeo em que mostra ao público geral como tem utilizado a tecnologia de impressão em 3D para desenvolver peças para seus protótipos. De acordo com a montadora, este tipo de dispositivo tem colaborado para agilizar os testes de itens que poderão ser utilizados nas versões de produção de seus veículos, com destaque para o novo GT e para o Mondeo Vignale.

O tempo de impressão é bastante curto (poucas horas), o que permite repetidos testes por parte da Ford, até que seja encontrado o ponto ideal da peça. Foi o caso, por exemplo, do volante esportivo multifuncional do GT, inspirado naqueles utilizados nos carros de Fórmula 1, bem como as borboletas para troca de marchas.

ford-3d-1.jpeg

No caso do Mondeo Vignale, voltado para o alto luxo, a Ford aproveitou a tecnologia de impressão 3D para criar a grade frontal hexagonal, com moldura em alumínio e acabamento metálico escurecido, e a grade inferior com barras cromadas. O mesmo ocorreu com as rodas de liga-leve de 19 polegadas e com as ponteiras de escapamento cromadas e acabamento em alumínio.

Até o momento, a Ford já imprimiu mais de 500 mil peças em 3D – leve em conta que a primeira máquina destinada a esse tipo de processo foi adquirida pela montadora em 1988 e foi a terceira produzida em todo o mundo. Atualmente, as peças criadas tem um custo estimado em mil euros, relativamente baixo para uma companhia automotiva desse porte.

Confira o vídeo abaixo:

https://youtube.com/watch?v=RoSEv5kinQA

VEJA MAIS– Imprima seu Ford favorito em 3D– Acredite: este carro foi impresso em 3D

Continua após a publicidade

Publicidade