Fiat Strada chega ao último ano de vida a partir de R$ 51.990 sem ar

Nova linha da picape passa por pequenas mudanças de equipamentos e catálogo antes da chegada de sucessora

A linha 2020 não teve alterações visuais

A linha 2020 não teve alterações visuais (Divulgação/Fiat)

A Fiat Strada chegou à linha 2020 sem grandes alardes e novidades. A picape, que ainda usa a plataforma da primeira geração do Palio, de 1996, se aproxima do fim com mudanças discretas em seu catálogo.

A picape terá sete versões, com opção de motor 1.4 e 1.8, entre R$ 51.990 e R$ 79.990. Com a atualização, os preços da Strada 2020 ficaram da seguinte maneira:

Working 1.4 Cabine Simples: R$ 51.990
Hard Working 1.4 Cabine Simples: R$ 58.990
Hard Working 1.4 Cabine Estendida: R$ 68.590
Hard Working 1.4 Cabine Dupla: R$ 71.590
Freedom 1.4 Cabine Simples: R$ 63.590
Freedom 1.4 Cabine Dupla: R$ 75.990
Adventure 1.8 Cabine Dupla: R$ 79.990

A lista de itens de série da versão inicial é curta e inclui, basicamente, predisposição para rádio, capota marítima e ganchos para fixação de carga na caçamba. Ar-condicionado e direção hidráulica não estão disponíveis nem como opcionais.

A central multimídia perdeu a função de TV Digital

A central multimídia perdeu a função de TV Digital (Divulgação/Fiat)

O catálogo agora tem duas novas opções de cores: Cinza Silverston (exclusivo das versões Freedom e Adventure) e o Vermelho Montecarlo. Os tons substituem duas outras cores similares.

Um dos poucos itens de série da versão de entrada é a capota marítima

Um dos poucos itens de série da versão de entrada é a capota marítima (Divulgação/Fiat)

A central multimídia, de série na versão Adventure e opcional nas demais, perdeu a opção de TV Digital, mas manteve a câmera de ré, GPS e rádio com USB e Bluetooth.

A versão Working tem rodas de aço sem calotas

A versão Working tem rodas de aço sem calotas (Divulgação/Fiat)

Hora do adeus

A picape mantém a mesma plataforma e arquitetura de 1997

A picape mantém a mesma plataforma e arquitetura de 1997 (Germano Lüders/Quatro Rodas)

Lançada em 1997, a Strada passou apenas por alterações cosméticas e troca de motores ao longo das duas décadas seguintes.

No entanto, com o fim da linha Palio (Grand Siena e Weekend também estão no bico do corvo), a picape se prepara para dar adeus no próximo ano.

Facelift da Toro deve seguir padrão visual dianteiro do conceito Fastback

Facelift da Toro deve seguir padrão visual dianteiro do conceito Fastback (Du Oliveira/Quatro Rodas)

A Strada será substituída pela picape Mobi. Ainda não está claro se ela terá um nome próprio ou será chamada de Strada. A certeza, porém, é que a Fiat ainda prepara mais uma novidade para o segmento.

Segundo o jornalista Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, o chamado Projeto 2810 irá misturar elementos do Mobi (visual), Argo (parte da suspensão dianteira) e Strada/Fiorino (suspensão traseira).

É possível que os dois projetos convivam por algum período, ficando a Strada atual voltada a vendas para frotistas e uso a trabalho.

A nova Toro chega no ano que vem com visual renovado e um inédito motor 1.3 16V Firefly turbo. O conjunto tem como base o motor já usado na linha Uno, Mobi e Argo, mas será incrementado para chegar à casa dos 180 cv.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s