Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat investirá US$ 500 milhões em novo sedã para substituir Linea e Grand Siena

Com lançamento marcado para 2017, o modelo inédito substituirá, de uma só vez, os atuais Grand Siena e Linea

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 9 nov 2016, 14h54 - Publicado em 5 abr 2016, 16h47
Fiat Linea

O Grupo FCA (Fiat Chrysler) anunciou, nesta terça-feira (5), um investimento de US$ 500 milhões (ou R$ 1,8 milhão) para a produção de um inédito sedã médio da Fiat na Argentina. Destinado à fábrica de Ferreyra, na região de Córdoba, o montante dará vida ao substituto de Grand Siena e Linea na América do Sul – inlcuindo o Brasil. 

Diferentemente do que se pode pensar inicialmente, o modelo não tem relação com o Fiat Tipo europeu — este que permanece com vinda incerta ao Mercosul. O sedã, tratado pelo codinome X6S, é inédito e chegará até o segundo semestre de 2017. Sua base será uma versão alongada da plataforma do atual Palio, a 326, mas com entre-eixos acima dos atuais 2,60 metros do Linea. 

Fiat Grand Siena

Ainda segundo o comunicado da FCA, o X6S terá produção anual de 100.000 unidades, sendo 80% destas destinadas à exportação, que inclui o Brasil. Para o presidente do grupo ítalo-americano na Argentina, Cristiano Ratazzi, o sedã não será apenas mais um voltado a mercados emergentes, mas um carro com qualidade suficiente para ser comercializado de forma global.

Continua após a publicidade
Publicidade