Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fiat-Chrysler venderá ações para investir em Alfa Romeo e Maserati

Empresa pode arrecadar mais de US$ 800 milhões

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 13h46 - Publicado em 20 jun 2014, 16h15
impressoes

O grupo Fiat Chrysler pretende vender ações no valor total de US$ 820 milhões, com o intuito de levantar recursos para investir na expansão de algumas de suas marcas.

Segundo informações da agência de notícias Bloomberg, serão vendidas 3,5% das ações da Fiat e 2,5% da participação na Case New Holland, divisão de veículos pesados e tratores. De acordo com o CEO da Fiat, Sergio Marchionne, os compradores serão investidores americanos, o que ajudaria a empresa a se fortalecer na Bolsa de Wall Street, onde a Fiat pretende ingressar nas próximas semanas após a criação da Fiat Chrysler Automobiles NV. A nova empresa, fruto da fusão entre as marcas, nasce com o objetivo de mais do que dobrar seus lucros e elevar as vendas anuais em 61% pelos próximos cinco anos.

Para atingir estas metas, o grupo pretende investir 55 bilhões de euros na expansão das marcas Maserati e Alfa Romeo e na globalização da Jeep. Como medidas principais, Marchionne vai dobrar a quantidade de concessionárias Maserati pelo mundo, chegando a 500 pontos de venda até o fim de 2015. O lançamento do sedã médio Ghibli é a grande aposta da marca, que almeja igualar as 15.400 unidades vendidas em 2013 antes do fim deste semestre.

Ainda segundo Marchionne, os investimentos de 5 bilhões de euros na Alfa Romeo serão suficientes para reverter os sucessivos prejuízos da marca nos últimos sete anos. O executivo pretende lançar oito novos modelos Alfa Romeo, que juntos podem atingir a meta de vender 400 mil unidades por ano por volta de 2018 – no ano passado, apenas 74 mil veículos foram comercializados.

Já a Jeep continua firme em seu processo de globalização da marca. A produção do utilitário esportivo compacto Renegade no Brasil é uma das etapas mais importantes. O modelo começa a ser fabricado na futura planta de Goiana (PE) em 2015.

Continua após a publicidade

Publicidade