Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat 124 Spider: um roadster italiano derivado de um ícone japonês

Desenvolvido a partir do Mazda MX-5, ele possui tração traseira e o mesmo motor turbinado do 500 Abarth

Por Leo Nishihata - Atualizado em 9 nov 2016, 14h45 - Publicado em 18 nov 2015, 12h33
fabricantes

A Fiat acaba de apresentar no Salão de Los Angeles um de seus lançamentos mais emblemáticos das últimas décadas: a nova encarnação do 124 Spider, um roadster de dois lugares que fez história quase 50 anos atrás. Para revivê-lo, o grupo FCA utilizou como base outro ícone automotivo: o japonês Mazda MX-5 Miata, hoje em sua quarta geração.

018-2017-fiat-124-spider-1.jpeg 017-2017-fiat-124-spider-1.jpeg

A plataforma é a mesma, com tração traseira, 2,3 metros de distância entre-eixos, suspensão do tipo duplo A na dianteira e multilink na traseira. Já a carroceria é 100% nova, com diversas referências do 124 Spider original, como os faróis arredondados, a grade frontal e os dois ressaltos sobre o capô. O corpo do Fiat ficou ligeiramente maior que o Mazda, com 11 centímetros a mais de comprimento – o que deve proporcionar um pouco mais de espaço para as bagagens.

020-2017-fiat-124-spider-1.jpeg

Debaixo do capô, sai de cena o motor 2.0 aspirado do MX-5 e entra o MultiAir 1.4 turbinado do 500 Abarth. Com 162 cavalos a 5 500 rpm e 25,4 mkgf, ele é mais potente e tem mais torque que a motorização japonesa (157 cavalos e 20,4 mkgf). O novo Fiat, porém, pesa 100 quilos a mais, o que acaba equilibrando a relação peso-potência. Haverá opção de câmbio manual de seis marchas ou automático (como exibido nas fotos)

030-2017-fiat-124-spider-1.jpeg 031-2017-fiat-124-spider-1.jpeg

Já o interior é praticamente idêntico ao do Miata. Painel de instrumentos, console central, sistema de navegação e áudio e até o volante são bem parecidos, com leves mudanças de acabamento e grafismo. Vale lembrar que a ergonomia do MX-5 é bastante elogiada pela imprensa especializada, incluindo uma capota de lona facilmente rebatível a partir do habitáculo.

Continua após a publicidade
025-2017-fiat-124-spider-1.jpeg 026-2017-fiat-124-spider-1.jpeg

A dirigibilidade ainda não foi avaliada, mas se depender do legado do Miata, deve manter qualidades de resposta, sensibilidade e precisão na medida para os entusiastas de esportivos leves com tração traseira. Sobre os números de desempenho, podemos tomar como referência a performance do próprio 500 Abarth: aceleração de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos e máxima de 214 km/h, com um peso quase idêntico ao do novo 124 Spider (1 164 kg e 1 123 kg, respectivamente).

Publicidade