Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Entenda como o novo V12 da Cosworth gera 735 cv pesando menos de 170 kg

Novo V12 da Cosworth tem potência gigante e peso minúsculo como seu mantra, atingindo patamares inéditos de eficiência

Por Eduardo Passos Atualizado em 8 Maio 2021, 08h53 - Publicado em 7 Maio 2021, 19h13
Um carro criado por Gordon Murray e que homenageia Niki Lauda não poderia contar com motor menos impressionante
Um carro criado por Gordon Murray e que homenageia Niki Lauda não poderia contar com motor menos impressionante Divulgação/Cosworth

Ainda que a categoria principal do boxe não tenha limite de peso, é raro vermos bons pugilistas com excesso de massa, já que o que não é músculo atrapalha a agilidade dos golpes. Lógica parecida ocorre em motores, que precisam ter potência sem peso desnecessário – e o novo 3.9 V12 da Cosworth leva isso a sério.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90.

Feito sob medida para os novos carros do lendário projetista Gordon Murray (Brabham, McLaren), o motor é peça-chave dos hiperesportivos T.50 e T.50s “Niki Lauda” e promete redefinir limites de desempenho automobilístico com aproveitamento de peso sem precedentes.

Em sua melhor versão, a unidade é capaz de atingir 735 cv e 49,4 kgfm de torque pesando apenas 162 kg, ou tanto quanto um motor de rua comum. O peso-pena é essencial para que o inédito GMA T.50s, de R$ 23 milhões, seja tão pesado quanto um Renault Kwid, cerca de 852 kg.

Trata-se de um motor superquadrado, no qual o diâmetro dos pistões é maior que seu curso. Isso é especialmente útil para atingir alta potência com pouco volume total e funciona melhor quando as partes móveis são o mais leves possível.

Em sua versão mais bestial, o Cosworth V12 será responsável por levar o T.50s à casa dos 350 km/h de velocidade. O bólido ainda contará com o mesmo ventilador de efeito solo do lendário Brabham BT46, capaz de gerar até 1,5 tonelada de downforce, admissão com Ram Air e, claro, escape direto para que todos ouçam os cilindros a pleno funcionamento.

Continua após a publicidade

Espaço útil

A primeira sacada da Cosworth foi optar por cilindrada econômica de apenas 3.994 cm³, utilizando liga especial de alumínio em todo o bloco. Além disso, bielas, válvulas e carcaça da embreagem são feitas de titânio, assim como o virabrequim e seus enxutos 13 kg. Murray sonhou com um motor 3.3, mas teve que se contentar com o 3.9 para superar seu famoso McLaren F1.

Foco no objetivo

Com 182 cv/litro, trata-se do motor de rua naturalmente aspirado com maior potência específica da história.

Flexibilidade

Interessado em ir ao trabalho com um T.50s? A Cosworth garante que cerca de 70% do torque do motor será entregue até a faixa de 2.500 rpm, para poupar o motorista de uma experiência de corrida em deslocamentos urbanos.

Peça rara

Gordon Murray deixou rico legado na Fórmula 1, mas quer se superar com a marca de hipercarros que fundou
Gordon Murray deixou rico legado na Fórmula 1, mas quer se superar com a marca de hipercarros que fundou Divulgação/GMA

Por R$ 23 milhões, na cotação atual, será possível adquirir o hipercarro GMA T.50s Niki Lauda, que homenageia o velho amigo de Gordon Murray. Além da unidade batizada, em ordem cronológica, com o ano e o local de uma das vitórias dos carros do sul-africano na F-1, o pacote inclui track days exclusivos, kit de manutenção esportiva, treinamento e assistência técnica VIP. O primeiro dos T.50s, “Kyalami 1974”, está previsto
para 2023.

Ficha técnica do GMA t.50s “Niki Lauda”

Preço: R$ 23 milhões (cotação aproximada) Motor: gasolina, tras., long., V12 DOHC, semiestrutural, 3.994 cm3; 81,5 x 63,8 mm, 15:1, 711 cv (sem Ram Air) a 11.500 rpm, 49,4 kgfm a 9.000 rpm
Câmbio: Xtrac IGS seis velocidades, 4×2
Suspensão: duplo A (dianteira)/duplo A com braço de Toe (traseira)
Freios: disco de carbono-cerâmica ventilado nas quatro rodas
Rodas e pneus: magnésio forjado; 225/35 R19 slick (dianteira); 325/30 R19 slick (traseira)
Dimensões: comprimento, 441,6 cm; largura, 191,7 cm; altura, 117,9 cm; entre-eixos, 270 cm; peso, 852 kg; tanque, 50 l
Chassi: monocoque de fibra de carbono
Ventilador: passo fixo; lâminas múltiplas, fibra de carbono; 7.000 rpm

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

 

Continua após a publicidade
Publicidade