Eles são feios na foto 3×4. Ao vivo, também

Designers têm preferências que, vez ou outra, são difíceis de digerir. Mas, quem ama o feio, bonito lhe parece

Lincoln Navigator é concorrente do Cadillac Escalade

Lincoln Navigator é concorrente do Cadillac Escalade (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

“O importante é a beleza interior”, “quem ama o feio, bonito lhe parece”, “gosto não de discute”… tudo isso é uma forma de amenizar a aparência descuidada.

A verdade é a seguinte: cada um faz o que quiser com o próprio dinheiro. Quem compra e, no caso, quem gasta rios de dinheiro em desenvolvimento para lançar os modelos dessas fotos.

Julgue como quiser.

Maior SUV da subsidiária da Nissan, o QX80  não se achou no design

Maior SUV da subsidiária da Nissan, o QX80  não se achou no design (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Hyundai Kona, um hatch compacto com design muito poluído

Hyundai Kona, um hatch compacto com design muito poluído (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

A Hyundai seguiu os passos do Cherokee ao adotar os faróis de perfil fino, bem como a Citroën na linha C4 europeia. Provavelmente o carro já estava pronto quando a Jeep optou por dar um passo atrás, já que o SUV não teve boa aceitação com aquele jeito de ser.

Genesis é a divisão de luxo da coreana Hyundai

Genesis é a divisão de luxo da coreana Hyundai (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Subsidiária da General Motors também ousa no design

Subsidiária da General Motors também ousa no design (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Nem no segmento de alto luxo, de marcas notórias, está livre de cometer excessos. A Cadillac, no caso, tem tentado há alguns anos reduzir a idade média de seus compradores ao adotar mais ousadia no design. Às vezes, no entanto, é fácil perder a mão.

Avalon é o maior sedã da Toyota, acima do Camry

Avalon é o maior sedã da Toyota, acima do Camry (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Grade disforme e farois em zigue-zague no Lexus LS

Grade disforme e farois em zigue-zague no Lexus LS (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Acima, Toyota e Lexus com dificuldades em criar um design marcante e de forma positiva.

Sedã intermediário da marca é vendido nos Eua como opção de luxo

Sedã intermediário da marca é vendido nos Eua como opção de luxo (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

A chinesa GAC Motors espera entrar no mercado americano com o GS7

A chinesa GAC Motors espera entrar no mercado americano com o GS7 (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Todos os modelos da marca, como o QX60, têm essa grade desproporcional

Todos os modelos da marca, como o QX60, têm essa grade desproporcional (Ulisses Cavalcante/Quatro Rodas)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Martins Pessôa Regis Júnior

    Nenhum deles é tão feio quanto o Bentley Bentaya (ou qualquer carro da Bentley). Incluiria também os hiperesportivos, mesmo sabendo que vou ser “linchado”. Eles até parecem bonitos à primeira vista, mas na convivência, mostram-se desengonçados, seja pelo tamanho desproporcional, seja pelo consumo e barulho incômodos…