Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Divisão M da BMW focará na redução de peso, ao invés de maior potência

Os novos M3 e M4 já refletem a nova estratégia da empresa

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h46 - Publicado em 17 jun 2014, 12h06
fabricantes

A divisão M da BMW afirmou que sua filosofia atual é reduzir o peso de seus carros ao invés de acrescentar mais potência a fim de obter veículos de alto desempenho.

“Queremos estar em uma liga diferente na relação peso-potência, mas nós preferimos ter um carro que pesa 1.000 kg, em vez de um com 1.000 cavalos de potência”, diz Carsten Pries, o chefe de gerenciamento de produto da BMW M.

Os novos BMW M3 e M4 já refletem a nova estratégia da empresa focada na redução de peso. Embora eles sejam mais poderosos que os modelos que estão substituindo, o aumento é de apenas 3%, de 416 cv para 427 cv. No entanto, eles são até 80 kg mais leves, ou seja, 6%.

Junto com os motores reduzidos seis cilindros 3.0 biturbo e 3.0, a redução de peso ajuda a reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 em 28%, potencialmente oferecendo um adicional de 161 km de autonomica em um tanque cheio de combustível.

Para fazer com que os veículos sejam mais leves, a extremidade frontal é quase exclusivamente feita de alumínio, enquanto magnésio e fibra de carbono também são utilizados na estrutura e na parte mecânica (motor e transmissão).

Continua após a publicidade

Publicidade