Clique e assine por apenas 8,90/mês

Dieselgate: Audi confirma que 2,1 milhões de carros foram afetados

VW afasta funcionários envolvidos; software dos motores adulterados foi feito pela Bosch

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 14h41 - Publicado em 28 set 2015, 12h12
geral

Uma semana depois da explosão do escândalo envolvendo a fraude do software que controla as emissões de poluentes de motores a diesel de alguns de seus carros, o Grupo Volkswagen já tomou algumas medidas internas. De acordo com a agência Reuters, os chefes de Pesquisa e Desenvolvimento de Audi, Porsche e Volkswagen foram suspensos

Em que pese o fato de todos eles negarem envolvimento com o caso, Ulrich Hackenberg, Wolfgang Hatz e Heinz-Jakob Neusser foram provisoriamente punidos pela alta cúpula da companhia. Não há informações sobre os detalhes que motivaram a suspensão, tampouco sobre futuras novas sanções.

Audi: 2,1 milhões de carros afetados

audi-q3-2012.jpeg

Continua após a publicidade

A marca das quatro argolas confirmou que 2,1 milhões de seus carros vendidos ao redor do mundo foram afetados pela fraude. O software que alterava o nível de emissões está presente em motores EA 189 que equipam os seguintes modelos: A1, A3, A4, A5, A6, TT, Q3 e Q5. Na Alemanha, estão 577 mil unidades; na parte oeste da Europa, 1,45 milhão; e, nos Estados Unidos, apenas 13 mil.

Software foi produzido pela Bosch

Fruto da grande polêmica do caso, o software capaz de detectar uma situação de teste para emitir menos poluentes foi produzido pela Bosch. A informação foi revelada pelo periódico Bild, que mencionou ainda que a fabricante do componente alertou a Volkswagen em 2007 que a instalação do software num carro de produção era ilegal – era destinado apenas a testes. Mais grave: em 2011, um engenheiro da própria Volkswagen teria identificado o problema e alertado a empresa sobre o fato, mas não foi tomada nenhuma providência.

VEJA MAIS– VW admite que 11 milhões de carros podem ter controle de emissões adulterado– Relembre cinco grandes escândalos da indústria automotiva

Publicidade