Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Dez carros que seriam vendidos no Brasil, mas só vieram a passeio

Veja dez modelos que, por alguma razão, vieram mas não ficaram no Brasil

Por Fábio Black 16 nov 2021, 10h38
Seat Cordoba Vario
Divulgação/Quatro Rodas

Seat Cordoba Vario
Com a abertura dos portos, a espanhola Seat desembarcou aqui em 1995 representada pela VW, dona da marca. Seu primeiro modelo foi o sedã Cordoba e depois vieram o hatch Ibiza e a perua Cordoba Vario. Esta última a que menos vendeu. Mesmo sob a batuta da VW, que todo salão do automóvel reservava um espaço para ela em seu estande, a Seat não emplacou. Deixou o país em 2002.

Black Friday! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Corvette Z06
Divulgação/Quatro Rodas

Corvette Z06
A GM sempre especula lançar seu superesportivo no Brasil. O Corvette Z06 foi inclusive testado por QUATRO RODAS. Sua última versão, o StingRay, também fora prometida e até agora nada.

Jeep Patriot
Divulgação/Quatro Rodas

Jeep Patriot
Poucas unidades do SUV compacto foram importadas e destinadas para a diretoria da então FCA (Fiat Chrysler Automobiles). Depois de um tempo, usadas, elas chegaram ao mercado de segunda mão.

 

Yaris GR
Divulgação/Quatro Rodas


Toyota Yaris GR

Uma unidade do hot hatch japonês desembarcou em Terra Brasilis para testes, o que deixou muitos aficionados sonhando com a possibilidade de ter um na garagem. Mas ficou só nisso.

Volkswagen Passat Variant B1
Divulgação/Quatro Rodas

VW Passat Variant B1
A versão perua do VW Passat chegou a ser cogitada, mas nunca foi lançada, pois havia um grande risco de dividir vendas com a parente nacional Variant. Apenas uma unidade foi trazida e ficou no país.

Continua após a publicidade

Fiat Bravo 1º Geração
Quatro Rodas/Quatro Rodas

Fiat Bravo 1º Geração
Ele até apareceu no Salão do Automóvel de 1998, chegando a ser testado por QUATRO RODAS, mas a versão duas portas do Brava morreu na praia após a alta do dólar. Só veio a de quatro portas, 12 anos depois.

Renaul Safrane
Divulgação/Quatro Rodas


Renault Safrane
Com um quê de Symbol após um banho de loja, a última geração do luxuoso sedã francês, feito em parceria com a Samsung, até foi trazido para o Brasil, mas só para o uso de executivos da Renault.

Nissan Sentra SE-R
Quatro Rodas/Quatro Rodas

Nissan Sentra SE-R
Com motor 2.5 de até 200 cavalos e acerto na suspensão e nos freios, deixou fãs de sedãs esportivos entusiasmados. A Nissan, no entanto, desistiu da ideia, deixando as duas unidades importadas para uso interno.

GT 86 modelo 2012 da Toyota, testado pela revista Quatro Rodas.
Divulgação/Quatro Rodas

Toyota GT 86
O esportivo da Toyota seria fabricado aqui. Mas problemas com a adaptação do motor boxer a nossa gasolina inviabilizaram o plano. Sabe-se que independentes trouxeram alguns sob encomenda.

 

Chevrolet Malibu
Divulgação/Quatro Rodas

Chevrolet Malibu
O sedã sempre teve vendas fracas, mesmo assim a oitava geração foi homologada no Brasil. Com a alta do dólar em 2013, apenas 101 unidades foram importadas, antes que a GM desistisse da comercialização.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 750 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Continua após a publicidade

Publicidade