Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Dakar: nem Coma, nem Despres; Joan Barreda venceu a 10ª etapa

Espanhol terminou à frente dos líderes da competição

Por Eduardo Zampieri Atualizado em 9 nov 2016, 11h55 - Publicado em 11 jan 2012, 17h23
Joan Barreda

Na reta final do Rally Dakar, a surpresa na décima etapa, hoje (11/01/2012), entre Iquique e Arica – ainda no Chile – foi a vitória do espanhol Joan Barreda Bort, da equipe SpeedBrain Husqvarna. Ele terminou à frente de Marc Coma e do francês Cyril Despres, pilotos oficiais da KTM, que continuam à frente da classificação geral, com uma boa vantagem sobre os demais e a incríveis 21 segundos entre si. Apesar de a prova estar chegando ao final, restando apenas quatro especiais, ainda tem 1089 km de trecho cronometrado até a chegada em Lima, Peru.

O mineiro Felipe Zanol assumiu nesta quarta-feira o posto de competidor mais rápido das Américas entre as motocicletas do Rally Dakar. O mineiro subiu da 14ª para a 12ª colocação. Zanol cumpriu o trecho cronometrado em 14º lugar (4h43min13seg). “O começo da especial, nas areias de Iquique foi bastante prazeroso, mas depois eu errei a navegação e desviei da rota por mais de 10 minutos. No final, optei por andar em um ritmo mais suave e acabei perdendo tempo”, explicou o brasileiro. José Helio (Husqvarna) está em 21º na classificação geral. Denísio do Nascimento (Honda) está em 29º e Dimas Mattos (KTM) em 53º.

Nesta quinta-feira eles encaram a temida etapa maratona com destino a Arequipa. Serão 538 quilômetros de especial e 171 km de deslocamentos, nos quais o auxílio mecânico estará proibido.

Confira o resumo da 10ª etapa:

Continua após a publicidade

Publicidade